02:53 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Nesta foto sem data que foi divulgada pela Agência Central de Notícias da Coreia do Norte em Pyongyang no dia 7 de Março de 2017, o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un supervisou o lançamento de mísseis balísticos das unidades da artilharia de Hwasong das Forças Estratégicas do Exercito Popular da Coreia

    Míssil norte-coreano viajou por mais de 500 km, diz Coreia do Sul

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    40160
    Nos siga no

    O mais recente míssil lançado pela Coreia do Norte, em um teste conduzido neste domingo (horário local), viajou por mais de 500 quilômetros antes de atingir o mar, informaram as Forças Armadas da Coreia do Sul.

    “A Coreia do Norte lançou um míssil balístico não identificado na direção leste por volta das 16h49 (horário local), da localidade de Pukchang em Pyeongannam-do (província sul de Pyeongan)”, informaram as autoridades, de acordo com a agência Yonhap.

    A agência estatal norte-coreana KCNA confirmou que o teste balístico foi "bem sucedido", tendo sido supervisionado pelo líder Kim Jong-un, e que agora o míssil está pronto para ser produzido em larga escala. Se necessário, o míssil já está pronto para ser usado em combate.

    Além disso, a publicação destacou que o teste trata-se da "fase final" do esforço norte-coreano em produzir mísseis capazes de carregar ogivas nucleares e viajar longas distâncias.

    A pedido do presidente sul-coreano Moon Jae-in, o Conselho de Segurança da ONU se reunirá nesta semana para debater o que chamou de “mais recente provocação” de Pyongyang.

    “A repetida provocação da Coreia do Norte é um temerário e irresponsável ato para jogar um balde de água fria nas expectativas e aspirações por paz e desnuclearização da Península Coreana que a comunidade internacional tem”, disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul, Cho June-hyuck.

    Foi o segundo lançamento de mísseis conduzido pelo vizinho do norte em menos de uma semana – e o oitavo apenas em 2017.

    No dia 14 de maio, um míssil norte-coreano Hwasong-12 partiu de Kusong, na província norte de Pyongan, a oeste da península. O míssil atingiu a altitude máxima de 2.111 km e atingiu com precisão o alvo designado no mar a uma distância de 787 km.

    Segundo as autoridades sul-coreanas, o míssil que a Coreia do Norte lançou neste domingo pode ser considerado de alcance médio, aparentemente similar ao modelo Pukguksong-2, tendo ainda atingido uma altitude de 560 quilômetros.

    De acordo com o porta-voz do Comando do Pacífico dos EUA, David Benham, o míssil lançado pelos norte-coreanos não representa uma ameaça ao país, mas todas as atividades da nação asiáticas estão sendo monitorada “de perto”.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Tillerson pede que Coreia do Norte pare de 'perturbar' com testes de mísseis balísticos
    Conselho de Segurança da ONU marca reunião para discutir teste da Coreia do Norte
    Secretário de Estado dos EUA: pressão sobre a Coreia do Norte está nos 'estágios iniciais'
    Tags:
    guerra nuclear, testes de mísseis, Moon Jae-in, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar