04:28 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    A sede da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA), na Virgínia

    CIA abre nova representação na Coreia do Sul

    © REUTERS/ Larry Downing
    Ásia e Oceania
    URL curta
    546835

    A Agência Central de Inteligência dos EUA, a CIA, anunciou hoje a abertura de um centro especial na Coreia do Sul para lidar com as recentes ameaças nucleares feitas por Pyongyang.

    "A Agência Central de Inteligência (CIA) criou um Centro de Missão da Coreia para aproveitar todos os recursos, capacidades e autoridades da agência para enfrentar a ameaça de mísseis nuclear e balístico representada pela Coréia do Norte", diz o comunicado da agência.

    De acordo com o diretor da CIA, Mike Pompeo, esse novo centro permitirá integrar e dirigir melhor os esforços contra as sérias ameaças impostas por Pyongyang não apenas contra os Estados Unidos, mas também contra seus aliados. 

    Devido a uma série de testes com mísseis realizados pela Coreia do Norte, o novo governo dos Estados Unidos decidiu endurecer o discurso contra o regime de Kim Jong-un, chegando inclusive a enviar navios de guerra para a região e acelerando a instalação do polêmico sistema de mísseis THAAD na Coreia do Sul, ações que provocaram ainda mais irritação entre as autoridades norte-coreanas.

    Mais:

    CIA tentou matar Kim Jong-un? Para a internet brasileira, tudo é piada (FOTOS)
    Caça a informadores do WikiLeaks: a CIA tem traidores?
    Ex-agente da CIA: 'Lançamento de mísseis norte-coreanos foi frustrado pelos EUA'
    Tags:
    CIA, Mike Pompeo, Pyongyang, EUA, Península Coreana, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Coreia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik