03:25 16 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Caça F/A-18 pousa no convés do porta-aviões norte-americano Carl Vinson durante exercícios conjuntos entre EUA e Coreia do Sul em 14 de março 2017

    Ataque dos EUA contra Coreia do Norte teria consequências cataclísmicas, diz embaixador

    © AFP 2017/ JUNG Yeon-Je
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    41308

    Embaixador dos Estados Unidos na China durante o governo de Barack Obama, o ex-senador Max Baucus afirmou que seria um ataque de mísseis norte-americanos contra a Coreia do Norte teria “consequências desastrosas e cataclísmicas”.

    A avaliação foi feita por Baucus em entrevista ao programa 'Today' da radio britânica BBC.

    “No fim das contas o presidente [Donald] Trump ordenou aquele ataque contra a Síria, e ele é o tipo de cara que faz o perfil de machão, o que nos deixa um pouco nervosos. Mas estou certo que o Pentágono e o Departamento de Estado, todos os conselheiros explicaram a ele que o ataque aéreo iniciado pelos EUA neste momento seria cataclísmico, com desastrosas consequências e ele é sábio o bastante para não querer ter isso sob sua tutela”.

    As tensões na Península Coreana aumentaram nas últimas semanas, sobretudo após os exercícios realizados entre a Marinha dos EUA e as forças aliadas de Japão e Coreia do Sul. No campo diplomático, a Casa Branca aumentou a pressão para que a China exerça a sua influência para diminuir as pretensões nucleares de Pyongyang.

    Por outro lado, Baucus admitiu que a política anterior do governo norte-americano de esperar pacientemente não funcionou muito bem. “Fomos um pouco pacientes demais enquanto Kim Jong-un construir o seu arsenal nuclear e seus mísseis, e a China não faz muito também”, avaliou.

    O ex-embaixador ainda destacou que vê como possível um encontro entre Trump e Kim no future e que é preciso levar a diplomacia “mais a sério” do que no passado.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Estará Coreia do Norte escavando túneis subterrâneos secretos para atingir Seul?
    Nem Síria, nem Coreia do Norte: tem outro 'candidato ideal' para ser atacado pelos EUA
    Coreia do Norte detém mais um cidadão norte-americano
    Tags:
    política, diplomacia, terceira guerra mundial, guerra nuclear, guerra, Donald Trump, Max Baucus, Península Coreana, Coreia do Norte, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik