11:43 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

    Pyongyang: EUA organizam nos bastidores atos de terrorismo contra Coreia do Norte

    © Sputnik / Ilia Pitalev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    38925
    Nos siga no

    A Agência Telegráfica Central da Coreia (ACNC), mais conhecida por sua sigla em inglês KCNA, divulgou uma mensagem na qual exigiu que Washington pedisse desculpas de forma oficial e castigasse os responsáveis por uma tentativa de atentado contra o líder do país asiático.

    Neste sábado (6), a KCNA divulgou um comunicado que exige a Washington que "peça desculpas de forma oficial e castigue de maneira dura os responsáveis principais que planejavam realizar um atentado" contra o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, comunica o RT.

    De acordo com a agência, os "EUA organizam, nos bastidores, terríveis atos de terrorismo de Estado contra a Coreia do Norte", dado que Washington financia organizações que "levam a cabo uma guerra psicológica e realizam outras atividades subversivas" contra Pyongyang.

    Foi assim que a agência telegráfica comentou a falta de comentários por parte de Washington, depois de Pyongyang ter acusado a Coreia do Sul e os EUA de elaborarem uma conspiração com o fim de matar o líder norte-coreano, e ameaçou lançar um ataque antiterrorista contra as agências de inteligência de ambos os países.

    Mais:

    Será que EUA venceram e China pode deixar de apoiar Coreia do Norte?
    Poderia Coreia do Norte lançar um ataque nuclear contra EUA a partir de um submarino?
    Congresso dos EUA autoriza novas sanções contra a Coreia do Norte
    Tags:
    atentado, conspiração, Kim Jong-un, EUA, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar