12:05 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte

    'Kim Jong-un precisa voltar a si, não ficar de joelhos', diz almirante dos EUA

    © REUTERS / KCNA
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    411027
    Nos siga no

    Os Estados Unidos estão adotando uma postura dura contra a “inconsequente” Coreia do Norte para fazer com que o líder norte-coreano Kim Jong-un “volte a si”, e não para ele “ficar de joelhos”, disse nesta quarta-feira o almirante norte-americano Harry Harris.

    Responsável pelo comando no Pacífico, Harris elogiou os esforços chineses para diminuir as tensões entre Pyongyang e Washington e destacou que uma solução não-militar é o caminho preferido para o fim do impasse na Península Coreana.

    “Ao enfrentar o imprudente regime norte-coreano, é fundamental que estejamos guiados por um forte senso de determinação, tanto privada como pública, diplomática e militarmente”, avaliou Harris, em conversa com jornalistas na Casa Branca.

    “Todas as opções estão sobre a mesa. Queremos fazer Kim Jong-un voltar a si, não ficar de joelhos”, emendou o almirante.

    Uma reunião com todos os 100 senadores do Congresso dos EUA foi marcada pelo Executivo para esta quarta-feira. Ventilou-se que um relatório confidencial a respeito da Coreia do Norte e o seu programa de armas nucleares será apresentado aos parlamentares.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Coreia do Norte na ONU: 'Vamos até o fim com confrontamento dos EUA'
    Rússia: 'Manobras norte-americanas na Coreia são inadmissíveis'
    Coreia do Norte anuncia maiores exercícios na sua história
    Tags:
    terceira guerra mundial, guerra nuclear, guerra, Casa Branca, Kim Jong-un, Harry Harris, Estados Unidos, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar