05:39 22 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Caminhões militares dos EUA transportando elementos do sistema THAAD (arquivo)

    EUA iniciam instalação do sistema de mísseis THAAD na Coreia do Sul

    © AP Photo/ Forças dos EUA, Coreia
    Ásia e Oceania
    URL curta
    531822

    Os Estados Unidos começaram a posicionar nesta quarta-feira (horário local), na Coreia do Sul, as primeiros peças do sistema antimísseis que promete garantir a defesa dos sul-coreanos contra os vizinhos do norte. No entanto, parte da população local demonstrou grande descontentamento com a medida, e foi às ruas protestar.

    De acordo com a agência Yonhap, militares norte-americanos estão desde o início da madrugada transportando radares e outros equipamentos para o local onde o sistema será instalado, no condado de Seongju, com a ajuda de um forte esquema de segurança montado pelas autoridades sul-coreanas.

    Embora a instalação desses mísseis tenha o objetivo declarado de proteger a Coreia do Sul contra possíveis ataques de Pyongyang, outros países, como a China, principalmente, veem a medida como uma tentativa de Washington marcar uma presença ainda mais efetiva na região, e, ao mesmo tempo, levando ainda mais tensão para a península coreana.

    Dentro da própria Coreia do Sul, a presença do THAAD é motivo de forte controvérsia, razão pela qual milhares de cidadãos pediram à justiça do país para avaliar a legalidade desse projeto militar, o qual, segundo eles, foi aprovado de maneira unilateral pelo conselho de segurança do gabinete presidencial e fere direitos como o de liberdade de ocupação do espaço, à vida pacífica, saúde e meio ambiente saudável.

    Mais:

    THAAD norte-americano já está à venda?
    China vs Coreia do Sul: quem perde mais com deslocamento do THAAD no país?
    Mídia: China pode neutralizar sinais de radar do THAAD
    Opinião: Coreia do Norte dá mais um passo para ultrapassar THAAD norte-americano
    Tags:
    mísseis, THAAD, Washington, Seongju, Pyongyang, EUA, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik