16:11 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Porta-aviões USS Carl Vinson em 15 de abril de 2017

    Japão e EUA começam manobras navais perto da península da Coreia

    © REUTERS / Sean M. Castellano/Courtesy U.S. Navy
    Ásia e Oceania
    URL curta
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)
    13812
    Nos siga no

    A Marinha do Japão iniciou exercícios conjuntos com o grupo aeronaval norte-americano, chefiado pelo porta-aviões USS Carl Vinson, informou a Marinha japonesa em um comunicado publicado no seu site.

    "As manobras com a Marinha dos EUA começam no dia 23 de abril, na parte ocidental do oceano Pacífico", diz a mensagem.

    Foi destacado que dos exercícios participarão os destróieres japoneses Ashigara e Samidare, que treinarão com o Carl Vinson e seu grupo "ações táticas de todo o tipo".

    Os navios de guerra japoneses se juntaram aos norte-americanos perto das Filipinas.

    Espera-se que, após as manobras, que durarão por vários dias, o grupo aeronaval norte-americano permaneça nas águas próximas à península coreana.

    De acordo com o canal japonês NHK, para o Japão e EUA estes exercícios serão uma mostra da cooperação entre os dois países contra a Coreia do Norte.

    Anteriormente, o canal NBC havia informado que os EUA podem levar a cabo um ataque preventivo contra a Coreia do Norte para impedir a realização de mais um teste nuclear de Pyongyang.

    Os EUA enviaram recentemente para a península da Coreia um grupo aeronaval de ataque encabeçado pelo porta-aviões USS Carl Vinson. A Coreia do Norte, tal como em muitas outras ocasiões, ameaçou Washington com um ataque nuclear.

    Tema:
    Tensão sem precedentes entre Coreia do Norte e EUA (186)

    Mais:

    Austrália é a nova vítima de uma ameaça nuclear da Coreia do Norte
    Mídia: Coreia do Norte ameaça responder aos EUA com a 'grande guerra pela reunificação'
    Tensão na península coreana: Coreia do Sul concede mais terreno para mísseis THAAD
    Tags:
    manobras navais, Marinha, Coreia do Norte, EUA, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar