09:00 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    6240
    Nos siga no

    Os militares do Vietnã conheceram o equipamento aéreo militar russo durante a mostra LIMA-2017. Em particular, eles mostraram interesse pelo helicóptero Ka-52 Aligátor. Isso criou muitos rumores de que o Vietnã quer adquirir estes helicópteros, bem como os Mi-28 Caçador Noturno.

    É claro que é extemporâneo falar sobre quaisquer intenções concretas. Mas a experiência dos conflitos militares locais no Sudeste Asiático mostrou que os helicópteros são um tipo importante de equipamento militar neste teatro de operações. É claro que o Vietnã tem razões para renovar o seu parque de helicópteros militares.

    "O interesse pragmático do Vietnã pelos helicópteros militares russos, em particular pelo Ka-52, é compreensível", acredita o analista militar Makar Aksyonenko. "A razão para isso são as capacidades únicas destes helicópteros que já as mostraram nessa região".

    "Se falarmos sobre estes dois tipos – o Mi-28 e o Ka-52, estamos comparando um helicóptero 'bom' com o 'melhor'. Sem dúvida que as autoridades militares do Vietnã se baseiam no critério 'eficiência-qualidade', não esquecendo os indicadores econômicos da utilização de um ou outro tipo de equipamento. Ambos os aparelhos russos têm caraterísticas de combate semelhantes, mas acho que o Ka-52 é melhor para ser utilizado nas condições úmidas dos trópicos, em selvas, em área florestal montanhosa e com possíveis alterações climáticas bruscas dependendo da estação do ano, assim como na zona costeira marítima", comunicou à Sputnik Vietnã Makar Aksyonenko. 

    Segundo o analista, o Vietnã precisa mais de um helicóptero capaz não só de prestar apoio aéreo para tropas terrestres, mas também agir como um meio de defesa móvel, podendo operar por cima de água. Segundo ele, os helicópteros Ka-52 podem fazer isso. É a versão naval Ka-52K Katran que está mais adaptada para o clima úmido, tem melhores capacidades para detecção de alvos e pode transportar mísseis antinavio.

    "A experiência de combate real com a utilização dos helicópteros Mi-28 e Ka-52 mostrou que estes aparelhos são bons aparelhos de combate. Eles demonstraram suas boas qualidades nos conflitos recentes. O custo de utilização é quase igual", adiantou à Sputnik Vietnã o analista militar.

    Segundo ele, o Ka-52 é um aparelho cujas capacidades comprovadas permitem o reconhecer como o sistema mais recente da aviação militar russa hoje em dia.

    Mais:

    Rússia começa exportação de helicópteros Ka-52 Alligator em 2017
    Primeiros helicópteros Ka-52 serão exportados no início de 2017
    Tags:
    aviação militar, analista, opinião, eficiência, capacidade militar, helicópteros russos, militar, produção, Mi-28, Ka-52, LIMA-2017, Rússia, Vietnã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar