10:47 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Teste de dois interceptadores do sistema norte-americano THAAD (Terminal High Altitude Area Defense)

    Com ajuda dos EUA, Coreia do Sul planeja concluir sistema anti-míssil em dois meses

    © flickr.com/ U.S. Missile Defense Agency
    Ásia e Oceania
    URL curta
    115

    A implantação do sistema de defesa anti-míssil THAAD pelos militares dos EUA na Coreia do Sul estará concluída dentro de um a dois meses e operacional em abril, informou a agência de notícias Yonhap citando as forças armadas do país.

    Os militares norte-americanos disseram agora que os primeiros elementos do sistema de defesa da área de alta altitude terminal (THAAD) tinham chegado à Coreia do Sul.

    Isso aconteceu depois que a Coreia do Norte testar quatro mísseis balísticos na segunda-feira, irritando Seul e o Japão. O sistema, no entanto, pode ser ter um efeito colateral perigoso: provocar a China, país com o qual Trump não tem feito muitos esforços para manter boas relações.

    A China se opõe à implantação porque o THAAD tem um poderoso radar capaz de penetrar o território chinês. Pequim diz que o sistema é uma ameaça à sua segurança e nada fará para aliviar a tensão com a Coreia do Norte.


    Tags:
    THAAD, Yonhap, Coreia do Norte, Japão, Coreia do Sul, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar