15:42 15 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1305
    Nos siga no

    Há mais informações que a Coreia do Norte está preparada para realizar uma nova série de lançamentos de mísseis balísticos e, tomando em conta o nível tecnológico deste país, vários analistas acreditam que o país precisará de 2 a 5 anos para criar um míssil capaz de atingir o território dos EUA.

    "É muito possível que durante os próximos dois anos a Coreia do Norte venha a possuir um míssil balístico com ogiva nuclear", informou um alto funcionário da CIA.

    Neste contexto, segundo um especialista, apenas em 2017 a Coreia do Norte deverá realizar pelo menos 5 testes de mísseis.

    "Se a Coreia do Norte tem uma ogiva nuclear, ela tem que realizar várias séries de testes para que ela possa atingir o alvo […] Tomando em conta a capacidade tecnológica da Coreia do Norte, se ela realizar 5 testes num ano, precisará de 2 anos, se fizer um teste por ano – de 5 anos", comunicou o especialista em Coreia do Norte Vladimir Khrustalev numa entrevista à Sputnik Coreia, acrescentando que o nível atual da Coreia do Norte pode ser comparado ao nível da União Soviética nos anos sessenta.

    Os analistas da Coreia do Sul também classificam o programa atual da Coreia do Norte como uma tentativa para testar o alcance potencial dos mísseis em condições limitadas.

    "Hoje em dia, mesmo considerando suas capacidades máximas, a Coreia do Norte nunca lançou um míssil com alcance de 5500 quilômetros, ou seja, que pudesse voar mais longe que o território do Japão", adiantou Kim Dongyeop, professor do Instituto de Pesquisas do Extremo Oriente da Universidade de Kyungnam.

    O analista sul-coreano acredita que, se os testes forem realizados neste ano, eles irão repetir tecnologicamente o lançamento do míssil Musudan (lançamento vertical com entrada para a atmosfera).

    Entretanto, há pessoas que acreditam que as atuais condições políticas mundiais podem favorecer o desenvolvimento das armas nucleares na Coreia do Norte.

    "É possível que a Coreia do Norte, durante o mandato de 4 anos de Trump, ou provavelmente ainda até ao fim do prazo de legislatura do Congresso dos EUA, que chegará em 1 de fevereiro de 2019, obtenha um míssil com ogiva nuclear", informou John E. McLaughlin, ex-vice-chefe da CIA.

    Khrustalev também mencionou que os especialistas dos EUA sobrestimam o nível de desenvolvimento do programa de mísseis da Coreia do Norte, que está ao nível do da União Soviética nos anos sessenta.

    Mais:

    Secretário da Defesa: 'Teste de mísseis da Coreia do Norte é uma séria ameaça para os EUA'
    Japão realizará exercícios de evacuação para ameaças de ataques da Coreia do Norte
    Tags:
    lançamento, testes, nuclear, programa, opinião, especialista, ogiva nuclear, míssil balístico, CIA, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar