07:53 21 Maio 2019
Ouvir Rádio
    O sistema estadunidense da defesa antimíssil THAAD

    Coreia do Sul pede armamentos aos EUA para enfrentar ameaça norte-coreana

    © flickr.com/ Mark Holloway
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1183

    Na quarta-feira (01) o Comitê Conjunto dos Chefes de Estado-Maior da Coreia do Sul, general Lee Sun-jin, entrou em contato com o seu homólogo norte-americano, general Joseph Dunford, para discutir a questão do deslocamento de armas estratégicas para o território sul-coreano.

    Segundo a agência Yonhap, que cita a edição JCS, Lee fez essa solicitação em uma conversa telefônica com Dunford, devido à eventual ameaça do programa nuclear e dos testes de mísseis da Coreia do Norte.

    Vale a pena destacar que a conversa aconteceu na véspera na primeira visita oficial do secretário da Defesa dos EUA, James Mattis, à Coreia do Sul, onde este se reuniu com o ministro da Defesa do país, Han Min-koo. Ambas as partes pretendem se focar na discussão da ameaça nuclear norte-coreana e na instalação do sistema antimíssil THAAD na Coreia do Sul.

    De acordo com um comunicado da Casa Branca, em 29 de janeiro Donald Trump e o presidente da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, abordaram uma série de medidas de segurança para lidar com a possível ameaça da Coreia do Norte.

    O sistema THAAD (Terminal High Altitude Area Defense) é projetado para intercepção de mísseis em alta altitude extra-atmosférica, supostamente de pequeno e médio raio de ação. Foi decidido implantá-lo na Coreia do Sul por causa dos testes cada vez mais frequentes de mísseis balísticos norte-coreanos. A bateria de THAAD na Coreia do Sul, no valor de mais de um bilhão de dólares (cerca de 3,4 bilhões de reais), será composta por um radar antimíssil TPY-2 TM, seis lançadores e 48 mísseis interceptores.

    Mais:

    Ministra da Defesa do Japão visita base dos EUA para ver THAAD
    'Não podemos esperar nem mais um minuto': premiê coreano apela à implantação de THAAD
    Tags:
    ameaça nuclear, testes de mísseis, deslocamento, conversa telefônica, THAAD, Yonhap, Ministério da Defesa, general Joseph Dunford, Donald Trump, James Mattis, EUA, Coreia do Norte, Coreia do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar