23:16 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Imagem do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, publicada em um dos jornais chineses, Pequim, China, novembro de 2016

    Chancelaria chinesa: Pequim mantém contatos com equipe de Trump

    © AFP 2019 / GREG BAKER
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1 0 0
    Nos siga no

    A China está mantendo contatos com a equipe de transição do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, não estando excluídos encontros entre o presidente da China, Xi Jinping, membros da equipe e representantes de outros países, afirmou em um comunicado de imprensa especial, na quarta-feira (11), o vice-ministro da Chancelaria chinesa, Li Baodong.

    "Mantemos boas relações com o atual presidente dos Estados Unidos. Quanto à equipe de Trump, temos canais de comunicação abertos. Na cidade de Davos [Suíça], segundo a agenda, a República Popular da China tem previstos encontros bilaterais. Nesse momento estão sendo discutidos encontros concretos, mas necessitamos de acordar os últimos detalhes", respondeu Li Baodong à questão se o líder chinês tem encontros marcados em Davos com o vice-presidente dos EUA, Joe Biden, o secretário de Estado, John Kerry, ou representantes da equipe de transição de Trump.

    Segundo disse Li Baodong, vários líderes e representantes de círculos de negócio têm sua própria agenda de eventos, mas a China está pronta para acertar encontros concretos de Xi Jinping.

    "Se o horário nos permitir e o desejarmos, vamos ver quais os encontros que podemos realizar", sublinhou o vice-ministro do Ministério das Relações Exteriores da China.

    Mais cedo o representante oficial da Chancelaria chinesa, Geng Shuang, havia frisado que "a China está mantendo contatos com a equipe de transição de Trump".

    Mais:

    China viola repetidamente zona de defesa aérea sul-coreana sobre rochedo de Socotra
    Coreia do Sul recusa efetuar treinamentos com EUA e Japão contra China
    China convida países da África para participarem da criação da nova Rota da Seda
    Rosneft fornecerá mais 56 milhões de toneladas de petróleo à China até 2024
    Por que China constrói quebra-gelo polar?
    Tags:
    laços, contato, relações bilaterais, equipe, encontros, Departamento de Estado dos EUA, Ministério das Relações Exteriores da China, Joe Biden, John Kerry, Xi Jinping, Donald Trump, Davos, EUA, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar