00:49 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Rainha britânica Isabel II

    Grã-Bretanha pode perder mais uma 'joia da coroa'

    © REUTERS/ Suzanne Plunkett
    Ásia e Oceania
    URL curta
    92480144

    O primeiro-ministro australiano Malcolm Turnbull se manifestou publicamente a favor da introdução da forma republicana de governo no país, segundo ele, numa altura certa.

    Segundo a televisão australiana ABC, Turnbull afirmou no congresso do Movimento Republicano da Austrália que o país pode se tornar uma república.

    "Nós não temos outra motivação que não seja o amor pelo país… Dizemos a nós mesmos que estamos unidos, que somos australianos e que nosso chefe de Estado deve ser um de nós", disse Turnbull.

    Entretanto, o primeiro-ministro destacou que é preciso esperar até ao fim do reinado de Elizabeth II e assegurar o apoio popular. "Não creio que os australianos aceitem mais um referendo público durante o reinado [de Elizabeth II]", afirmou Turnbull.

    A afirmação do primeiro-ministro foi criticada por uma série de rivais políticos, incluindo os liberais, que avisaram que o tema de tornar a Austrália em uma república poderá ser a "morte política" para Turnbull, segundo a ABC.

    A Austrália pertence aos países da Comunidade das Nações que têm como chefe a rainha britânica Elizabeth II.

    Mais:

    Refugiados serão abrigados no Parlamento da Austrália?
    Austrália quer negociação profunda de tratado de livre comércio com o Reino Unido
    Ex-premiê da Austrália expressa sua admiração por plano de Putin
    Tags:
    Elizabeth II, Grã-Bretanha, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik