09:06 07 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    As ilhas Curilas

    Mídia: Japão não exclui colocar bases americanas nas Curilas

    © flickr.com / Austronesian Expeditions
    Ásia e Oceania
    URL curta
    1329
    Nos siga no

    Tóquio não exclui a possibilidade de implantar bases norte-americanas nas duas ilhas Curilas do sul. Em particular, tal posição foi divulgada pelo secretário do Conselho de Segurança Nacional, Shotaro Yachi durante sua visita de novembro em Moscou.

    No início de novembro, o secretário do Conselho de Segurança Nacional, Shotaro Yachi, chegou a Moscou e se encontrou com seu homólogo russo, Nikolai Patrushev, escreve o jornal japonês Asahi

    Segundo "várias fontes governamentais" da edição, Patrushev perguntou se nas ilhas seriam colocadas bases norte-americanas caso fossem entregues ao Japão. Shotaro Yachi respondeu: "Existe tal possibilidade".

    O Asahi destaca que, de acordo com funcionários japoneses, a resposta de Yachi é evidente: uma vez que a soberania do Japão se estenda às duas ilhas Curilas, o acordo entre Tóquio e Washington ganhará força no território.

    Na terça-feira (13), Vladimir Putin afirmou ao Nippon TV que as tentativas de falar "do primeiro passo" sobre a soberania japonesa na parte sul das Curilas encerrará a discussão. 

    O Japão reivindica as ilhas de Iturup, Kunashir, Shikotan e Habomai, com base no Tratado de comércio bilateral e de fronteiras de 1855. A entrega das ilhas, segundo os japoneses, é uma das condições de conclusão de um acordo de paz do Japão com a Rússia.

    Mais:

    Ilhas Curilas: decisão sem soluções e a façanha de Abe
    60% dos japoneses querem reaver ao menos algumas das Ilhas Curilas
    Tags:
    bases norte-americanas, Nikolai Patrushev, Japão, Rússia, Curilas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar