02:34 22 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Soldado do Exército da Coreia do Norte

    Japão e Cazaquistão pedem que Pyongyang desista de seu programa nuclear

    © AP Photo/ Wong Maye-E, File
    Ásia e Oceania
    URL curta
    271705

    O Japão e o Cazaquistão defendem a continuação do desarmamento nuclear no mundo e pedem que Pyongyang renuncie ao seu programa nuclear e de mísseis.

    Segundo a agência japonesa de Kyodo, esse entendimento foi alcançado na segunda-feira (07) durante uma reunião entre o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe e o presidente do Cazaquistão Nursultan Nazarbayev. O último está em visita oficial no Japão entre 6 e 9 de novembro.

    No âmbito da viagem de Nazarbayev foi realizada a sexta reunião da comissão conjunta dos setores público e privado do Cazaquistão e Japão dedicada à cooperação econômica. De acordo com o vice-ministro para investimentos e desenvolvimento cazaque, Erlan Hairov, foram assinados 15 documentos conjuntos na área de economia, com valor total equivalente a 1,2 bilhões de dólares.

    Cabe lembrar que em 9 de setembro, apesar da proibição por parte do Conselho de Segurança, a Coreia do Norte realizou seu quinto teste nuclear, considerado o maior na história do país, com uma potência equivalente a 10 quilotoneladas de TNT. Todos os três mísseis lançados caíram na zona econômica exclusiva do Japão, o que foi avaliado como uma ameaça direta para a segurança deste país.

    Mais:

    Coreia do Norte pode construir usina nuclear subterrânea
    Especialista russo: EUA subestimam capacidades da Coreia do Norte
    Tags:
    investimentos, visita oficial, teste, programa nuclear, Kyodo, Conselho de Segurança da ONU, Shinzo Abe, Nursultan Nazarbayev, Japão, Cazaquistão, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik