23:24 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Forças de segurança da Índia em Pampore, nos arredores de Srinagar, Caxemira

    Soldados indianos eliminam três militantes após ataque contra base militar

    © AP Photo/ Dar Yasin
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 21

    Militares indianos eliminaram três homens armados que haviam atacado o quartel-general do batalhão de operações especiais na área de Langate, no estado de Jammu e Caxemira, informou a mídia local.

    "Três militantes foram mortos, tendo sido apreendidos três fuzis Kalashnikov", cita o jornal The Indian Express o porta-voz do Ministério da Defesa.

    Aproximadamente às 6 da manhã (21h30 no horário de Brasília) os atacantes abriram fogo contra postos de vigilância em dois locais do acampamento militar em Langate. Depois de disparar, tentaram fugir, mas os militares e um grupo de policiais de operações especiais perseguiram-nos e se envolveram em combate.

    Se trata do segundo ataque contra uma base de tropas de operações especiais da Caxemira indiana nos últimos cinco dias. O anterior ocorreu no domingo, em Baramulla. Em Jammu e Caxemira, o único estado indiano de população maioritariamente muçulmana, operam grupos separatistas que defendem a independência ou a união com o Paquistão.

    Nova Deli acusa Islamabad de patrocinar estas milícias, mas os paquistaneses negam ter ligação aos ataques.

    Os exércitos da Índia e do Paquistão no estado de Caxemira são separados por uma linha de controle onde, nas últimas semanas, são registrados incidentes quase diários.

    Mais:

    Premiê do Sri Lanka: guerra com Paquistão não é opção para Índia
    Quais seriam as consequências de eventual guerra nuclear entre Índia e Paquistão?
    Militares russos iniciam os primeiros na história exercícios conjuntos com Paquistão
    Tags:
    disputa territorial, ataque, Paquistão, Índia, Jammu e Caxemira
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik