14:11 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ilha de Shikotan

    Revelada posição de Tóquio em relação às Ilhas Curilas

    © Sputnik / Aksandr Lyskin
    Ásia e Oceania
    URL curta
    119
    Nos siga no

    Premiê japonês, Shinzo Abe, deu a conhecer posição de Tóquio em relação às Ilhas Curilas do sul.

    Tóquio tenta desenvolver um diálogo ativo com a Rússia a fim de obter as quatro ilhas disputadas com Moscou e celebrar o acordo de paz, disse Shinzo Abe no parlamento.

    "Nós pretendemos realizar negociações intensas com o lado russo a fim de, desenvolvendo as relações em várias áreas inclusive na economia, resolver a questão da entrega de quatro ilhas e celebrar o acordo de paz", disse o primeiro-ministro, respondendo a perguntas dos deputados.

    De acordo com a Abe, em dezembro, na reunião com o presidente russo Vladimir Putin na prefeitura de Yamaguchi, ele tem a intenção de discutir essas questões "num ambiente tranquilo".

    No início de setembro, Abe visitou a cidade russa de Vladivostok, onde falou da importância da cooperação mútua e da necessidade de "começar uma nova era nas relações russo-japonesas".

    Na semana passada, o jornal japonês Yomiuri comunicou que Japão não vai exigir que a Rússia devolva todas as quatro ilhas como condição para a conclusão de um acordo de paz, como acontecia até agora. Foi destacado que Tóquio está disposto a aceitar a entrega de apenas Khabomai e Shikotan. As autoridades japonesas esperam, de acordo com o jornal, continuar as negociações sobre Iturup e Kunashir após a conclusão do acordo.

    Em 1956 a União Soviética e o Japão assinaram, após o fim da Segunda Guerra Mundial, uma declaração conjunta que previa que Tóquio receberia as Ilhas de Habomai e Shikotan após a celebração de um acordo de paz, mas a questão das outras duas ilhas não foi discutida. Segundo os analistas, a diferença de estatuto das ilhas foi a razão das dificuldades no processo de negociações, que já dura há 60 anos.

    Mais:

    Especialista russo: ações da China podem colocar Japão em situação difícil
    Japão promete responder à China com 'medidas duras' por violação do seu espaço aéreo
    Japão exige parar voos dos EUA a partir de base no território japonês
    Tags:
    negociações, acordo de paz, Shinzo Abe, Rússia, Japão, Ilhas Curilas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar