06:41 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Soldados sul-coreanos (arquivo)

    Coreia do Sul desenvolve plano de ataque preventivo contra Coreia do Norte

    © AFP 2017/ JUNG YEON-JE
    Ásia e Oceania
    URL curta
    7744981229

    Militares sul-coreanos desenvolveram um plano de ataque maciço preventivo contra Pyongyang que destruirá a capital norte-coreana, caso a Coreia do Norte começar preparando um ataque nuclear, informou na manhã do domingo a agência de notícias Yonhap se referindo a fontes militares de Seul.

    As autoridades da Coreia do Norte confirmaram na sexta-feira a realização bem sucedida de um teste nuclear, afirmando que agora são capazes de equipar com ogivas nucleares seus mísseis balísticos. De acordo com militares sul-coreanos, a potência do dispositivo explosivo pode ter sido de 10 quilotoneladas equivalentes de TNT. Os especialistas também destacaram que estes testes foram os maiores da história da Coreia do Norte.

    "Cada bairro de Pyongyang, especialmente aqueles onde se localiza a liderança norte-coreana, será completamente destruído por mísseis balísticos e munições incendiárias, logo que a Coreia do Norte mostre o menor sinal de uso de armas nucleares. Em outras palavras, a capital norte-coreana será transformada em cinzas e será varrida do mapa", disse uma fonte da agência.

    De acordo com outra fonte da agência Yonhap, a Coreia do Sul pode usar para isso seus mísseis terra-terra com alcance de 300, 500 e mil quilômetros.

    Outra fonte do ministério da Defesa falou à agência sobre a existência de uma unidade militar especial, cujo objetivo é a destruição da liderança norte-coreana e a realização de ataques de retaliação.

    O teste nuclear de Pyongyang já foi condenado pelos governos do Japão, Estados Unidos, Coreia do Sul e vários estados europeus. O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse por sua vez que Moscou está "seriamente preocupada com a realização do teste" da Coreia do Norte.

    Mais:

    Coreia do Norte desafia EUA e diz que não aceitará 'chantagens'
    EUA gostariam de retomar diálogo com Coreia do Norte
    Governo brasileiro repudia teste nuclear da Coreia do Norte
    Tags:
    tensão militar, teste nuclear, ataque preventivo, Coreia do Sul, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik