08:49 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente do Uzbequistão Islam Karimov, Tashkent, junho de 2016

    Presidente do Uzbequistão Islam Karimov morre aos 78 anos

    © Sputnik / Sergey Guneev
    Ásia e Oceania
    URL curta
    0 15

    Presidente do Uzbequistão, Islam Karimov, morreu hoje (2) aos 78 anos de idade após sofrer derrame cerebral.

    O funeral do presidente será realizado amanhã (3) em Samarcanda, diz-se no comunicado do governo uzbeque.

    Gene Wilder
    © AFP 2018 / Mychele DANIAU
    A nação ficará de luto durante três dias devido à morte do presidente.

    O primeiro presidente da ex-república soviética nasceu em 30 de janeiro de 1938 em uma família de funcionários públicos na segunda maior cidade do Uzbequistão, Samarcanda.

    Ele começou sua carreira em 1960, trabalhando como assistente chefe na fábrica Tashselmash, localizada na capital uzbeque Tashkent.

    Em 24 de março de 1990, Karimov foi eleito Presidente da República do Uzbequistão. A partir de 1 de novembro do mesmo ano, ele atuou também como chefe de gabinete de Ministros.

    Elke Maravilha
    Flickr/25º Prêmio da Música Brasileira/Reginaldo Teixeira
    Em referendo nacional realizado em 27 de fevereiro de 2002, seu mandato presidencial foi ampliado de cinco para sete anos. Em sua segunda campanha eleitoral, em 23 de dezembro de 2007, Karimov ganhou cerca de 91% dos votos.

    No dia 28 de agosto de 2016, a assessoria do Gabinete de Ministros do Uzbequistão anunciou que Karimov tinha sido hospitalizado, depois da mídia informar sobre derrame sofrido por ele.

    Vinte e quatro horas mais tarde, a filha de Karimov, Lola, confirmou em sua página do Facebook que seu pai tinha sofrido uma hemorragia cerebral e estava em condição estável após ter passado por uma reanimação.

    Mais:

    Tour de Obama na Ásia terá reunião com Erdogan e conversas sobre Mar do Sul da China e TPP
    Uzbequistão: adesão à SCO de países com armas nucleares pode mudar equilíbrio no mundo
    Tags:
    presidente, morte, Islam Karimov, Uzbequistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik