03:04 25 Junho 2018
Ouvir Rádio
    INS Kalvari, um dos seis submarinos Scorpene

    Revelado responsável pelo vazamento de dados secretos sobre submarinos Scorpene

    © AP Photo / Rajanish Kakade
    Ásia e Oceania
    URL curta
    252

    Dados confidenciais referentes aos seis submarinos Scorpene da companhia francesa de construção naval DCNS, encomendados pela Índia, foram acessados por pessoas desconhecidas de uma empresa privada em um país do sudeste asiático, informou o jornal indiano Hindustan Times no sábado passado (27).

    Segundo fonte, as respectivas informações foram publicadas em um servidor de Internet, tornando-se vulneráveis a hackers.

    Até agora, somente cinco submarinos desta classe Scorpene foram postos em serviço enquanto estão previstos mais 19. Índia é considerada um dos principais compradores deste tipo de submarinos. Segundo planos, mais cinco unidades começarão a ser usadas a partir de 2021.

    A empresa DCNS também é responsável pelo contrato no valor de 38 bilhões de dólares para construção de 12 submarinos avançados da classe Barracuda.

    A edição indiana, citando a notícia do jornal The Australian datada da sexta-feira passada (26), revelou que os dados podem ter sido "removidos" da DCNS francesa em Paris, ainda em 2011, por um ex-oficial da Marinha da França que atuou como subcontratante para essa empresa.

    Uma pessoa de Sidney, cuja identidade não foi revelada pelo jornal australiano, decidiu repassar os documentos secretos a essa edição porque eles "tinham importância para segurança nacional da Austrália", informou The Australian.

    Informa-se que o primeiro dos seis submarinos passou por exercícios navais em maio deste ano. Os submarinos irão substituir os modelos existentes: submarinos russos da classe Kilo e submarinos alemães HDW.

    O autor do vazamento, como se referiu o jornal ao responsável, planeja entregar um disco confidencial ao governo australiano nesta segunda-feira (29). Ele espera que as autoridades australianas e a DCNS tomem medidas para reforçar segurança e garantir que o "projeto de construção de submarinos da Austrália não tenha o mesmo destino".

    Recentemente, a companhia DCNS informou sobre fuga de informações referentes aos seis submarinos da classe Scorpene que estão sendo construídos na Índia. O documento, que foi encontrado pela edição The Australian, tem 22,4 mil páginas. Neles há a descrição dos sistemas de comunicações dos submarinos, de sensores submarinos e de superfície, de comando e controle, de navegação e de lançamento de torpedos.

    O contrato no valor de 3,5 bilhões de dólares prevê a transferência de tecnologia francesa para a Índia. O primeiro submarino construído em Mumbai, na Índia, já passou por exercícios navais em maio.

    Mais:

    Robôs submarinos vão explorar profundezas russas
    Como EUA usam seus submarinos para ataques informáticos
    Tags:
    submarinos, construção, documentos secretos, contrato, DCNS, Marinha da França, Sidney, Mumbai, Austrália, Índia, França, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik