08:37 22 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Sistema antimisiles THAAD

    Pequim exorta Seul a renunciar ao sistema americano de defesa antiaérea

    © Foto: US Missile Defense Agency
    Ásia e Oceania
    URL curta
    251527105

    O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, num encontro com o seu homólogo sul-coreano Yun Byung-se, pediu a Seul que renuncie à instalação do sistema norte-americano de defesa antiaérea THAAD, informa a agência Kyodo.

    Os ministros das Relações Exteriores da China e da Coreia do Sul estão em Tóquio, onde começou a oitava reunião trilateral dos chefes das diplomacias. Os ministros discutem questões internacionais e a cooperação entre os seus países.

    "Nas relações entre os três países há vários problemas, mas nós somos responsáveis pela paz e estabilidade na região. Queremos superar as dificuldades e fortalecer a cooperação", disse Wang Yi na abertura da reunião.

    O chefe da diplomacia do Japão, Fumio Kishida, apelou à China e à Coreia do Sul a cooperarem devido ao lançamento de um míssil balístico da Coreia do Norte.

    Na reunião de ministros serão discutidas as perspectivas do encontro de chefes de Estado de China, Coreia do Sul e Japão.

    O sistema THAAD (Terminal High Altitude Area Defense) é projetado para intercepção de mísseis de pequeno e médio alcance. De acordo com o chefe do departamento de defesa sul-coreano, o raio de ação dos interceptores THAAD não excede os duzentos quilômetros, devendo o sistema ser instalado na Coreia do Sul até o final de 2017.

    Mais:

    EUA planejam equipar navios sul-coreanos com sistema antimíssil semelhante ao THAAD
    China testa defesa antimíssil como resposta ao THAAD
    Disputas territoriais podem frear cooperação entre Rússia, China e Japão?
    Tags:
    tensão militar, THAAD, Coreia do Sul, Coreia do Norte, China, Japão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik