Mundo insólito

Asteroide que nada: dinossauros podem ter desaparecido pela falta de 'lagos para sexo'

CC BY 2.0 / Julian Johnson /
URL curta

Biólogo acredita que dinossauros possam ter desaparecido da face da Terra com o desaparecimento de lagos superficiais necessários para reprodução deles.

O biólogo Brian J. Ford deu início a uma teoria que poderia explicar por que os répteis gigantes, conhecidos como dinossauros, foram extintos há milhões de anos: não conseguiam mais procriar.

De acordo com Ford, o desaparecimento dos dinossauros for causado não pela colisão de uma rocha espacial com a Terra, mas pela divisão dos continentes da Terra e destruição de lagos superficiais que seriam necessários para reprodução.

Para o especialista, os dinossauros eram simplesmente pesados e grandes demais para acasalar no chão e por isso precisavam de uma dinâmica aquática para procriar.

"À medida que continentes derivavam, os lagos superficiais encolheram e ecossistema dos dinossauros desapareceu", disse Ford ao tabloide britânico The Sun.

"Os dinossauros gigantes poderiam procriar apenas em água rasa para suportar seu peso. Quando a superfície da Terra mudou, o ambiente desapareceu [...] bem como os próprios dinossauros", explicou.

Além disso, Ford declarou que se os lagos superficiais não tivessem desaparecido naquela época, haveria uma chance de os dinossauros ainda estar entre nós, sendo caçados como acontece com outros animais.