Ciência e tecnologia
© CC BY 2.0 / Brad Flickinger / -

Braço de 2.000 anos é encontrado em poço romano no Reino Unido

URL curta

Um raro braço de madeira de 2.000 anos de idade foi encontrado no fundo de um antigo poço romano em um prédio industrial em um condado britânico.

Para os arqueólogos, o braço finamente esculpido poderia ser uma oferenda aos deuses, além de ter importância nacional e internacional, conforme publicação do The Sun.

​Durante recentes escavações da Arqueologia do Leste de Oxford no Warth Park, ocorreu uma descoberta surpreendente, um braço humano de madeira esculpida. Acredita-se que ele foi utilizado em um ritual de oferenda, sendo o único deste tipo no Reino Unido.

O objeto seria de grande importância  não só por sua localização, como também pelo estado de preservação. Acredita-se que o braço tenha sido conservado devido à água do poço, bem como a falta de oxigênio no local.

O artefato foi encontrado por trabalhadores de uma propriedade industrial, que estavam realizando uma escavação.

"Esculpido em um galho raro, que utiliza uma curva natural para formar o cotovelo, de maneira muito bem feita, pois não há nenhuma marca de ferramenta em sua superfície", afirma Michael Bamforth, especialista em madeira.

Os arqueólogos da Arqueologia do Leste de Oxford East acreditam que o braço foi esculpido para ser um objeto único e não parte de uma escultura maior.

Contrariando os propósitos romanos, o propósito deste braço era exclusivamente para rituais de oferenda.

Esculturas representando o corpo humano já foram utilizadas para rituais ao longo da Europa, entretanto, nunca haviam encontrado um braço de madeira antes no Reino Unido.