21:31 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    8612
    Nos siga no

    A Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) dos EUA informou nesta quinta-feira (7) ter criado um novo grupo que se focará exclusivamente na China e nos desafios à segurança nacional que ela coloca.

    Segundo o comunicado, a nova entidade se chama Centro de Missões da China e foi formada "para responder ao desafio global colocado pela República Popular da China" que toca todas as áreas de missão da agência.

    O diretor da CIA, William Burns, sublinhou ainda que a ameaça vem do governo chinês e não de seu povo.

    Ele adicionou que o objetivo de criação do centro é unificar o trabalho que a CIA está realizando sobre a China.

    "O Centro reforçará ainda mais nosso trabalho coletivo sobre a ameaça geopolítica mais importante que enfrentamos no século XXI, um governo chinês cada vez mais adversarial", segundo ele.

    Burns afirmou ainda que a agência vai continuar se focando em "uma Rússia agressiva, uma Coreia do Norte provocativa e um Irã hostil".

    Mais:

    CIA teria considerado assassinar Julian Assange durante presidência de Trump, aponta relatório
    EUA teriam evacuado oficial da CIA na Sérvia atacado por 'síndrome de Havana'
    CIA admite que muitos informantes estrangeiros são capturados, mortos ou comprometidos, diz mídia
    Tags:
    EUA, China, CIA, inteligência, serviços secretos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar