16:03 24 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    8730
    Nos siga no

    Washington se negou a especificar que ações pretende tomar caso as medidas diplomáticas com o Irã fracassem.

    Na terça-feira (5), o assessor de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, afirmou em uma reunião do grupo assessor estratégico norte-americano-israelense na Casa Branca que Washington poderia encontrar outras opções caso as medidas diplomáticas não façam com que o Irã retorne ao Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês).

    "Sullivan enfatizou o compromisso fundamental do presidente Biden com a segurança de Israel e para garantir que o Irã nunca obtenha armas nucleares. Sullivan explicou que a Administração [dos EUA] considera que a diplomacia seja o melhor meio para alcançar o objetivo, e observou que o presidente deixou claro que, caso a diplomacia fracasse, os EUA estão dispostos a recorrer a outras opções", afirmou Emily Horne, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos EUA.

    Os funcionários norte-americanos se negaram a fornecer detalhes sobre as medidas previstas para serem aplicadas caso a diplomacia fracasse.

    "Estaremos preparados para tomar as medidas que forem necessárias", disse à Reuters um alto funcionário norte-americano.

    Desde abril, representantes do Irã estão mantendo conversas com homólogos da Rússia, Reino Unido, Alemanha, França e China para restaurar o acordo nuclear JCPOA, firmado em 2015 e do qual os EUA se retiraram em 2018.

    Mais:

    China e Irã dão seu apoio a Afeganistão após EUA congelarem bens no valor de US$ 9 bilhões
    Após declarações de Biden em encontro com Bennett, Irã diz que EUA ameaçaram 'ilegalmente' Teerã
    EUA para Israel: se diplomacia nuclear com Irã falhar, estamos prontos para recorrer a outras opções
    Tags:
    EUA, Irã, acordo nuclear, Acordo Nuclear Iraniano, diálogo, diplomacia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar