09:58 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    244
    Nos siga no

    Um homem idoso no estado norte-americano de Illinois morreu de raiva cerca de um mês depois de aparentemente ter sido infectado por um morcego que ele encontrou em seu quarto.

    Segundo informaram nesta terça-feira (28) as autoridades de saúde de Illinois, trata-se do primeiro caso de infecção humana com o vírus desde 1954, avança CNN.

    No mês passado, o homem, que estava na faixa dos 80 anos, acordou e descobriu que tinha um morcego no pescoço enquanto estava em sua casa.

    Departamento de Saúde Pública de Illinois disse em comunicado que, após o morcego ter testado positivo para raiva, o homem recusou realizar o tratamento de pós-exposição.

    Cerca de um mês após o incidente, o homem começou a sofrer de dor no pescoço, dor de cabeça, dormência dos dedos, dificuldade em controlar os braços e problemas de fala, disseram autoridades de saúde.

    Morcego-ferradura (imagem referencial)
    © AFP 2021 / MENAHEM KAHANA
    Morcego-ferradura (imagem referencial)

    Depois de testes em seu laboratório, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos EUA confirmaram o diagnóstico do homem. Especialistas em vida selvagem encontraram uma colônia de morcegos na casa do idoso.

    "A raiva tem maior taxa de mortalidade que qualquer outra doença", disse em comunicado Ngozi Ezike, diretor do Departamento de Saúde Pública de Illinois. "No entanto, existe um tratamento capaz de salvar a vida para pessoas que buscam assistência logo após serem expostas a um animal com raiva", acrescentou.

    Nesta semana, um menino que estava em um parque aquático no estado norte-americano do Texas ficou infectado no cérebro com uma ameba letal.

    Mais:

    Vírus mortal Nipah emerge na Índia e pode se tornar problema global, alerta mídia
    Descobertos na China 4 novos coronavírus aparentados com SARS-CoV-2
    Cientistas de Wuhan queriam infectar morcegos com coronavírus em 2018, diz mídia
    Tags:
    vírus, EUA, morcego, infecção
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar