19:57 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 154
    Nos siga no

    Houve "fenômenos desconhecidos" na noite de sábado (4) no estado de Tennessee, nos quais a população mencionou o chão a tremer, mas sem as autoridades confirmarem um terremoto.

    "Fenômenos desconhecidos" de algum tipo ocorreram em Clarksville, condado de Montgomery, Tennessee, EUA, no final de sábado (4), relatou no domingo (5) a emissora WKRN-TV.

    De acordo com a mídia, a polícia de Clarksville disse que naquele dia por volta das 21h50, horário local (23h50, horário de Brasília), o Centro de Despacho 911 recebeu ligações sobre uma "explosão barulhenta", e alguns dos que ligaram disseram que sentiram o chão tremer.

    Embora tenham vindo chamadas de "todo" o condado, as autoridades policiais locais disseram que nenhum dano foi relatado, e que se tratava de "alguns tipos de fenômenos desconhecidos".

    Neste vídeo capturado por Heather Risacher Rooney, você ouve a estrondosa explosão em Clarksville por volta das 21h50 da noite passada, que a polícia chama de "fenômeno desconhecido".

    Uma busca conduzida pelas autoridades que durou várias horas aparentemente não conseguiu localizar a origem da explosão ou tremor.

    A mídia também aponta que a Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês) "não registrou um terremoto na área", e que devido ao Fort Campbell, uma base do Exército dos EUA localizada perto de Clarksville, estando em um fim de semana de quatro dias por causa do feriado do Dia do Trabalho, "não parecia ser [causado] por um treinamento ou um exercício".

    Mais:

    Refinaria de petróleo se incendeia no estado da Virgínia Ocidental, nos EUA (FOTOS, VÍDEO)
    Detonação de explosivo deixa 5 alunos feridos em escola dos EUA
    VÍDEO mostra colisão entre trem e caminhão no Texas, nos EUA
    Tags:
    Tennessee, EUA, Serviço Geológico dos EUA, Serviço Geológico dos Estados Unidos, Fort Campbell, USGS, serviço de Pesquisa Geológica dos EUA (USGS), Exército dos EUA, Exército, Twitter
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar