21:13 20 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3585
    Nos siga no

    Nas mídias compartilhadas nas redes sociais é possível ver a aeronave militar de origem russa de alta performance realizando manobras rasantes durante comemoração dos 210 anos de independência da Venezuela.

    Vários vídeos registrados nesta segunda-feira (5) mostram um caça Sukhoi Su-30MKV de origem russa, da Aviação Militar Bolivariana (AMB) da Venezuela, fazendo rasantes e emitindo grande quantidade de fumaça e fogo de pós-combustão, durante o desfile comemorativo dos 210 anos da independência da Venezuela, na capital, Caracas.

    ​Su-30 da Força Aérea venezuelana passa muito baixo sobre a parada de Los Próceres.

    Nas imagens postadas no Twitter, a aeronave Su-30 sobe rapidamente e dispara flares por cerca de 10 segundos. Em um dos vídeos é possível ouvir os espectadores vibrando com os "fogos de artifício" do caça, segundo informações do site de aviação Aeroflap. 

    Aviação Militar Bolivariana, paladinos do espaço aéreo soberano, em um grande voo do Sukhoi SU-30 no Dia da Independência, demonstrando sua audácia, coragem, coordenação e poder combativo na defesa integral do céu venezuelano. Viva nossa aviação centenária! 

    Também participaram do desfile em Caracas os caças de origem chinesa: F-16A/B Block 15 Fighting Falcon e os jatos de treinamento e ataque ao solo K-8 Karakorum. 

    ​Passagem aérea sobre a parada de Los Próceres das aeronaves da AMB SU-30 | K-8 | F-16

    Em 2006, 24 aeronaves russas do modelo Sukhoi Su-30MKV foram adquiridas, mas duas foram perdidas em acidentes. Um deles em 2015, no qual dois tripulantes morreram na fronteira com a Colômbia, e outro em 2019. 

    Mais:

    Venezuela patrulha costa Atlântica devido aos exercícios militares dos EUA na Guiana
    Queda de Su-30 russo: caça foi abatido por Su-35 durante treino, diz mídia
    Caça russo Su-30 intercepta 3 aeronaves militares da França sobre o mar Negro (VÍDEO)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar