19:36 02 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 74
    Nos siga no

    Uma fuga de gás no oleoduto submarino da companhia Petróleos Mexicanos (Pemex) a quase 80 metros de profundidade originou uma explosão e incêndio a cerca de 150 metros da plataforma Ku Sierra, segundo a companhia.

    A Pemex informa que o incêndio foi controlado após terem sido fechadas as válvulas de interconexão do oleoduto, não tendo havido vítimas. As causas do incidente estão sendo investigadas.

    "A maquinaria das instalações de produção da Ku Maloob Zaap foi afetada por uma tempestade elétrica e chuvas fortes", indica o relatório do incidente, compartilhado por uma das fontes da agência Reuters.

    Vários vídeos compartilhados nas redes sociais mostram três navios lançando jatos de azoto para extinguir o fogo, que teria sido provocado pela ruptura de uma válvula perto da plataforma da jazida de petróleo Ku Maloob Zaap, uma das maiores reservas marinhas de hidrocarbonetos do México.

    Um grave incêndio submarino deflagrou em um oleoduto no mar da companhia mexicana de petróleo e gás Pemex no golfo do México. Informa-se que atualmente o incêndio está sob controle, sem causar vítimas, informa a mídia local citando fontes da empresa.

    Segundo informa a agência Reuters, embarcações da Pemex tentaram controlar o incêndio, mais tarde chegou um navio para fechar a válvula do oleoduto.

    "O incidente foi atendido imediatamente após a ativação dos protocolos de segurança e com o acompanhamento de embarcações próximas de combate a incêndios […]", informou companhia.

    Ku Maloob Zaap é o segundo maior campo de petróleo na história da produção petrolífera mexicana.

    Mais:

    Incêndio é combatido em Moscou após explosões em depósito de fogos de artifício (FOTOS) (VÍDEO)
    Incêndio em fábrica de produtos químicos mata 18 pessoas na Índia (VÍDEO)
    'Grande bola de fogo': incêndio atinge estação de metrô Elephant and Castle em Londres (VÍDEOS)
    Tags:
    gasoduto, depósito de petróleo, Golfo do México, incêndio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar