17:47 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Um jovem foi mordido em sua cabeça por um jacaré enquanto procurava dentes de tubarões pré-históricos no rio Myakka, no estado norte-americano da Flórida.

    Jeffrey Heim, de 25 anos, da cidade de Tampa, sofreu uma fratura em seu crânio durante o ataque, ocorrido no sábado (5), em Sarasota County. Para que sua ferida fosse fechada por completo, foram precisos 34 pontos. 

    Heim disse que já tinha mergulhado várias vezes naquela zona do rio, perto de um restaurante. Antes de dar início à sua busca por dentes de megalodonte, ele ficou observando a área por dez minutos para ver se tinha jacarés por perto. Como não viu nenhum, achou que fosse seguro nadar. O jovem mergulhou até ao fundo do rio, e passados 45 segundos, o réptil o atacou.

    "Parecia ser [o jacaré] muito pesado, e realmente parecia que estava se movendo muito rápido", contou à CNN, referindo-se ao momento em que o jacaré mordeu sua cabeça. "Parecia cego. Parecia uma força cega. Não senti o corte, senti um puxão."

    Heim disse que foi capaz de recuar do animal e voltar a subir para a margem do rio quando o jacaré se lançou sobre ele.

    Ao ver o que se estava passando, um ex-bombeiro que se encontrava no restaurante pegou um kit de primeiros socorros e fez um curativo em sua cabeça enquanto outras pessoas no local ligavam para o 112 (911, nos EUA).

    View this post on Instagram

    A post shared by Jeffrey Heim (@jeffrey_heim)

    Jeffrey acabou passando um dia e meio no hospital e, segundo o mesmo, o inchaço resultante da mordida diminuiu bastante. Contudo, por enquanto, ainda está tomando antibióticos para combater a infecção.

    A Comissão para Conservação de Pesca e Vida Selvagem da Flórida (FWC, na sigla em inglês), informou que os jacarés se tornam mais ativos a partir de abril, quando começa a época de acasalamento, e à medida que as temperaturas aumentam.

    View this post on Instagram

    A post shared by SHRKco LLC (@shrkco)

    Apesar da gravidade de seus ferimentos, Heim diz que espera que o jacaré não seja morto, não guardando qualquer ressentimento ao animal.

    No final, Heim diz que tenciona voltar aos seus mergulhos na busca de mais dentes de megalodonte assim que recuperar, mas já deixou claro que se afastará do rio Myakka.

    Mais:

    VÍDEO mostra canoa indígena gigante de mil anos encontrada em fundo de lago na Flórida, nos EUA
    Jacaré de mais de 2 metros 'morde isca' e surpreende pescador nos EUA (VÍDEO)
    Morte misteriosa e simultânea de 12 raias gera investigação em zoo da Flórida, nos EUA (FOTO)
    Tags:
    EUA, Flórida, jacaré, ataque, mordida
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar