02:00 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    61018
    Nos siga no

    O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, garantiu ao ministro da Defesa israelense, Benny Gantz, o apoio total dos EUA a Israel no que diz respeito a questões de segurança, afirmou nesta sexta-feira (28) o porta-voz do Pentágono, John Kirby.

    Israel e o grupo palestino Hamas estiveram envolvidos recentemente em um conflito acirrado por vários dias, interrompido por um cessar-fogo mediado pelo Egito no último 20 de maio. 

    "O Secretário de Defesa Lloyd J. Austin III falou nesta tarde com o Ministro da Defesa de Israel, Benjamin 'Benny' Gantz. O secretário Austin reafirmou o apoio de ferro dos Estados Unidos à segurança de Israel. Ele compartilhou o apoio da administração para construir sobre o cessar-fogo para estabelecer uma segurança duradoura. Ambas as partes concordaram em permanecer em estreita coordenação nas prioridades de defesa compartilhadas", informou Kirby.

    Nesta semana, o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, fez uma visita de dois dias ao Oriente Médio com o objetivo de solidificar o cessar-fogo e arrecadar dinheiro para a reconstrução das áreas destruídas. Uma das metas dos EUA é garantir que qualquer assistência seja mantida fora do alcance do Hamas, em um esforço para contribuir com a redução das tensões na região. 

    ​Confrontos em Jerusalém Oriental no início de maio levaram a um conflito generalizado entre israelenses e palestinos na Faixa de Gaza, com o Hamas lançando inúmeros foguetes contra Israel e Tel Aviv respondendo com uma série de ataques aos territórios da Palestina. 

    Em Israel, 12 pessoas foram mortas e mais de 50 ficaram gravemente feridas em decorrência das hostilidades. O número de mortos entre palestinos na Faixa de Gaza, Jerusalém e Cisjordânia ultrapassou 270, incluindo muitas mulheres e crianças. Ao menos 1.948 palestinos ficaram feridos nos ataques e mais de 112.000 foram deslocados, de acordo com a Organização das Nações Unidas.

    Mais:

    Apoio unilateral de Bolsonaro a Israel marcará diplomacia brasileira por décadas, diz especialista
    EUA preveem 'conflito e guerra' se Israel não parar com despejo de famílias palestinas, diz mídia
    Operação de Israel contra Hamas foi a 1ª guerra de inteligência artificial do mundo, diz mídia
    Tags:
    Pentágono, Oriente Médio, apoio, segurança, Palestina, Israel, Estados Unidos, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar