13:34 18 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    581
    Nos siga no

    O presidente dos EUA, Joe Biden, participou de uma entrevista coletiva nesta sexta-feira (21) após reunião com o seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, e comentou a escalada da tensão entre Israel e Palestina.

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta sexta-feira (21) que a única solução para o problema do Oriente Médio é a criação de dois Estados, acrescentando que a posição sobre o compromisso com a segurança de Israel não mudou.

    "Ainda precisamos de uma solução de dois Estados, esta é a única resposta", disse Biden em entrevista coletiva após conversas com seu homólogo sul-coreano.
    Vista aérea do edifício Al-Jalaa, que abrigava a AP, a emissora Al Jazeera e outros meios de comunicação, na Faixa de Gaza, que foi bombardeado durante ataque aéreo israelense no conflito deflagrado desde 10 de maio entre Israel e o Hamas
    © AFP 2021 / Mahmud Hams
    Vista aérea do edifício Al-Jalaa, que abrigava a AP, a emissora Al Jazeera e outros meios de comunicação, na Faixa de Gaza, que foi bombardeado durante ataque aéreo israelense no conflito deflagrado desde 10 de maio entre Israel e o Hamas

    Ao ser questionado sobre as palavras de alguns democratas de que o presidente deveria ser mais confrontador com Israel, Biden enfatizou que sua posição sobre o apoio e compromisso de Israel com a segurança não mudou.

    A ideia de uma solução de dois Estados, incluindo um Estado palestino soberano ao lado de Israel e Jerusalém como sua capital compartilhada, tem sido o principal fundamento da diplomacia internacional para buscar o fim do conflito entre Israel e Palestina.

    Mais:

    Cessar-fogo no conflito entre Israel e Gaza está próximo de ocorrer, prevê oficial do Hamas
    Exército de Israel anuncia destruição da rede de túneis do Hamas na Faixa de Gaza (VÍDEO)
    Israel vai responder com força a novos ataques com foguetes de Gaza, alerta Netanyahu
    EUA rejeitam resolução da França na ONU para cessar-fogo em Gaza depois de posicionamento de Israel
    Gabinete de segurança de Israel aprova cessar-fogo em Gaza após 11 dias de combate
    Tags:
    Faixa de Gaza, Gaza, EUA, Joe Biden, Palestina, Israel, Oriente Médio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar