08:16 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    1513
    Nos siga no

    O ex-agente da inteligência britânica, Christopher Steele, preparou um segundo dossiê para o Departamento Federal de Investigação (FBI, na sigla em inglês) sobre Donald Trump do período em que era presidente dos Estados Unidos, segundo o jornal Telegraph, citando fontes.

    Durante a presidência de Trump, Steele apresentou uma série de relatórios de inteligência sobre o então presidente norte-americano, inclusive alegadas explorações sexuais. Vale destacar que Steele continuou fornecendo informações brutos às autoridades federais dos EUA através de sua empresa Orbis Business Intelligence, que realiza espionagem corporativa e de defesa, segundo a mídia.

    O segundo dossiê do ex-agente de inteligência britânica contém informações brutas obtidas pela Orbis Business Intelligence que fazem novas alegações de interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas e fazem referência a alegações sobre a existência de outras fitas de sexo.

    O segundo dossiê é baseado em fontes diferentes das que forneceram informações sobre o primeiro relatório. Supostamente, o novo dossiê de Steele preparado para FBI poderia conter dados sobre contatos entre o chefe de campanha presidencial de Trump, Paul Manafort, e Moscou.

    O primeiro relatório de Steele, feito entre junho e dezembro de 2016, contém alegações detalhadas de má conduta, conspiração e cooperação entre a equipe da campanha presidencial de Trump e governo do presidente russo Vladimir Putin. O dossiê sugeriu que a Rússia possuía materiais comprometedores de carácter sexual contra Trump.

    O relatório se tornou a base de investigação do ex-procurador especial Robert Mueller sobre a suposta interferência russa nas eleições presidenciais de 2016. O ex-presidente Trump negou as alegações, denunciando-as como fake news.

    Mais:

    Ameaças de Biden contra Rússia terão consequências 'desastrosas' para EUA, diz NI
    Irã permanece sendo 'principal desafiador dos interesses dos EUA no Oriente Médio', diz relatório
    EUA apostam na desvalorização do potencial de dissuasão nuclear da Rússia, diz MRE russo
    Tags:
    FBI, Donald Trump, relatório, Rússia, inteligência, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar