14:13 11 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5625
    Nos siga no

    Um barco de patrulha da classe Hamilton dos Estados Unidos está se dirigindo ao mar Negro em meio a tensões, mesmo depois de o Pentágono ter decidido não enviar destróieres para lá.

    Um barco de patrulha da classe Hamilton da Guarda Costeira dos Estados Unidos foi enviado ao mar Negro, de acordo com tweet da 6ª Frota da Marinha dos EUA. O barco norte-americano foi enviado para trabalhar com aliados da OTAN e parceiros na região.

    ​URGENTE: barco [da classe] Hamilton da Guarda Costeira dos EUA inicia seu trânsito nos estreitos do norte para o mar Negro, após ter trabalhado com o USS Roosevelt da Marinha dos EUA no mar Egeu. Hamilton vai estar trabalhando com os aliados da OTAN e os parceiros na região.

    Anteriormente, surgiu relato de que Washington avisou Ancara sobre a passagem de dois destróieres USS Roosevelt e USS Donald Cook através do estreito de Bósforo ao mar Negro, onde permaneceriam de 14-15 de abril a 4-5 de maio. Posteriormente, os EUA desistiram de enviar os destróieres, devido às preocupações de "escalada entre Moscou e Kiev".

    Veículos de imprensa britânicos também escreveram que o Reino Unido enviaria navios de guerra ao mar Negro, o que seria uma demonstração de solidariedade a Kiev e aos aliados da OTAN presentes na região.

    Os Ministérios das Relações Exteriores e da Defesa da Rússia consideram as ações ocidentais provocativas, e pontuam o aumento da presença militar perto das fronteiras meridionais e ocidentais russas. Em 24 de abril, a Rússia suspendeu a navegação de navios de guerra e outras embarcações estrangeiras em três áreas do mar Negro por seis meses, ou seja, até 31 de outubro. Na região estão ocorrendo exercícios militares.

    Mais:

    EUA cancelam trânsito de navios no mar Negro para evitar escalada entre Rússia e Ucrânia
    Alemanha critica restrições da Rússia no mar Negro: 'Inéditas e problemáticas'
    Entrada de navios britânicos no mar Negro visa intimidar Rússia, diz fonte diplomática
    Tags:
    Mar Negro, Guarda Costeira dos EUA, barco, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar