18:18 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    182
    Nos siga no

    Uma equipe de cientistas mapeou mais de 14.500 hectares do leito marinho ao largo da Califórnia, onde anteriormente foram detectados elevados níveis da substância DDT, altamente tóxica, em todo o ecossistema.

    Cientistas do Instituto Scripps de Oceanografia da Universidade da Califórnia, em San Diego, EUA, determinaram que no fundo do mar ao largo de Los Angeles e da ilha de Santa Catalina se encontram ao menos 25 mil barris que, pelo forte brilho da assinatura acústica e peculiar forma, apontam para a possível presença de diclorodifeniltricloroetano (DDT), um composto tóxico que antes de ser proibido era utilizado nos inseticidas.

    Milhares de barris contendo provavelmente DDT foram encontrados em um lugar que se acredita ter sido um depósito de lixo tóxico submarino dos tempos da Segunda Guerra Mundial, segundo estudo publicado pelo Los Angeles Times.

    Os especialistas mapearam mais de 14.500 hectares do leito marinho entre a ilha de Santa Catalina e a costa de Los Angeles, em uma região onde anteriormente haviam sido descobertos elevados níveis desta substância tóxica em sedimentos e no ecossistema, registrando imagens de 27.345 objetos em forma de barril.

    Eric Terrill, cientista responsável pela exploração e diretor do Laboratório de Física Marinha do Instituto Scripps de Oceanografia afirmou que a magnitude do território afetado é "alarmante".

    O impacto a longo prazo na vida marinha e no ser humano ainda é desconhecido, indicou a oceanógrafa química Lihini Aluwihare, professora de geociências do Instituto Scripps.

    "Estes resultados também geram dúvidas sobre a exposição contínua e o possível impacto na saúde dos mamíferos marinhos, especialmente depois que foi demonstrado que o DDT tem um impacto multigeracional no ser humano", afirmou.

    Mais:

    Atmosfera da Terra pode ter sido tão tóxica como a de Vênus, revela estudo
    Iguaria tóxica para almoço: águia sobrevoa com garras enfincadas em peixe-balão
    Hospitalizados 11 militares do Exército dos EUA por ingerirem líquido tóxico pensando que era álcool
    Tags:
    resíduos tóxicos, tóxicos, lixo radioativo, lixo, Califórnia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar