16:18 06 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)
    221
    Nos siga no

    Parlamentares e líderes de oposição no Chile anunciaram nesta quarta-feira (21) que começarão a buscar apoio e assinaturas para uma denúncia constitucional contra o presidente Sebastián Piñera.

    A denúncia – o primeiro passo para o impeachment – é motivada pela decisão do presidente de recorrer ao Tribunal Constitucional do Chile contra os saques antecipados de aposentadoria, medida que visa garantir maior renda à população durante a pandemia.

    "É muito importante que a Frente Ampla assuma sua responsabilidade para com o povo e promova uma denúncia constitucional contra Piñera, e pedimos a todas as forças de oposição que trabalhem juntas e aprovem esta medida", disse o partido Comunes, membro do bloco de esquerda Frente Ampla, por meio de um comunicado.

    O Partido Socialista, de centro-esquerda, acusou o recebimento da convocação do Comunes e emitiu um comunicado pedindo a seus parlamentares que estudassem a possibilidade de aderir à acusação constitucional.

    ​A mesa diretiva do Partido Socialista pede a sua bancada de deputadas e deputados para estudar a acusação constitucional contra Piñera.

    "Impedir a retirada dos fundos de pensão confirma que o presidente Sebastián Piñera renunciou ao proteger as mulheres e homens chilenos mais vulneráveis ​​durante a pandemia", diz o comunicado do Partido Socialista do Chile.

    Marco Enríquez-Ominami, ex-deputado e fundador da organização internacional Grupo de Puebla, também publicou nota afirmando que Piñera merece a "acusação constitucional por proteger a única coisa que lhe interessa, o sistema de administração de fundos de pensão privados".

    Que as forças de oposição não falhem com o Chile novamente. Nosso país não aguenta mais Piñera. Acusação constitucional contra Piñera agora!

    Nesta terça-feira (20), o presidente Piñera entrou com um pedido no Tribunal Constitucional do Chile para contestar um projeto que permite a retirada antecipada de até 10% dos fundos de pensão, uma medida promovida pela oposição como ajuda para enfrentar a pandemia de COVID-19.

    A decisão causou descontentamento em toda a oposição e também na população, que em sua maioria apoia o projeto.

    O órgão analisará a constitucionalidade da iniciativa. Enquanto isso, a oposição espera aprovação do projeto na Câmara dos Deputados, seguida pela votação no Senado nos próximos dias.

    Tema:
    Mundo enfrenta pandemia no fim de abril de 2021 (77)

    Mais:

    Chile identifica nova espécie de dinossauro que viveu no Atacama há milhões de anos (FOTOS)
    Chile doa 20.000 doses de CoronaVac ao Equador
    Crise da COVID-19 no Chile pode adiar Assembleia Constituinte
    Pela 1ª vez, Chile condena político à prisão por corrupção
    Tags:
    impeachment, América do Sul, pandemia, COVID-19, aposentadoria, economia, Sebastián Piñera, Chile
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar