03:54 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    13637
    Nos siga no

    O presidente dos EUA Joe Biden disse hoje (17) que o opositor russo Aleksei Navalny vive uma situação "totalmente injusta". Segundo os médicos pessoais do blogueiro preso na Rússia, sua saúde estaria deteriorada por causa de uma greve de fome.

    "É totalmente, totalmente injusto", disse Biden aos jornalistas enquanto deixava um campo de golfe em Delaware, em resposta a uma pergunta sobre a suposta piora das condições de saúde de Navalny em uma colônia penal russa.

    "[Isto é] totalmente inapropriado [...] com base em ter sido envenenado e, em seguida, greve de fome", acrescentou o chefe de Estado dos EUA, segundo a imprensa norte-americana.

    Biden deixa o campo de golfe do Wilmington Country Club. Ele nos contou que "aumentará o número" de refugiados admitidos nos EUA . E sobre a saúde de Navalny na prisão ele disse: "É totalmente, totalmente injusto".

    No dia 31 de março, Aleksei Navalny anunciou que iniciaria uma greve de fome por supostamente não estar recebendo o tratamento médico adequado a suas queixas de dores nas costas e dormência nas mãos e pernas, depois que teve uma consulta negada com um médico de sua escolha. Além disso, o opositor se recusou a receber o tratamento oferecido pelas autoridades russas.

    Segundo a advogada de Navalny, Olga Mikhailova, seu cliente sofre com duas hérnias cervicais. Neste sábado (17), a agência France-Presse informou que a equipe de médicos pessoais de Navalny estava preocupada com o seu estado de saúde e pediu permissão ao Serviço Penitenciário Federal da Rússia para ter acesso imediato ao blogueiro. 

    O Serviço Penitenciário Federal da Rússia, por sua vez, afirma que o estado de saúde de Navalny é considerado estável e satisfatório pela equipe médica da prisão, e acrescentou que ele está recebendo toda a atenção necessária.

    Aleksei Navalny, que tem 44 anos, foi preso em Moscou em 17 de janeiro, após regressar de avião da Alemanha, sob a acusação de violar as condições de uma pena suspensa de prisão.

    No início de fevereiro, um tribunal de Moscou decidiu substituir a pena suspensa de Navalny por prisão real, e determinou que ele fosse enviado para uma penitenciária de regime geral para cumprir três anos e cinco meses de reclusão.

    Segundo o Serviço Penitenciário da Rússia, o blogueiro violou os termos de liberdade condicional ao não comparecer diante das autoridades durante o período determinado e recebeu diversas punições administrativas.

    Mais:

    Após UE, EUA aplicam sanções contra Rússia pelo caso Navalny
    EUA anunciam aumento de sanções comerciais contra Rússia devido ao caso Navalny
    Canadá impõe sanções contra a Rússia por caso Navalny; Moscou já anunciou que vai responder
    Tags:
    EUA, Rússia, Aleksei Navalny, Joe Biden
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar