21:23 14 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Situação da COVID-19 em meados de abril no mundo (75)
    0 02
    Nos siga no

    Com cerca de 96% dos votos apurados, o candidato de direita Guillermo Lasso lidera o segundo turno das eleições presidenciais no Equador, segundo os resultados oficiais divulgados pelo órgão eleitoral do país sul-americano.

    De acordo com os números apresentados pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do Equador, Lasso somava 52,55% com 96,35% das urnas apuradas, enquanto o esquerdista e pupilo do ex-presidente Rafael Correa, Andrés Arauz, tinha 47,45%.

    Juntos vamos conseguir! Obrigado Equador por demonstrar seu apoio nas urnas. Como corresponde, vamos esperar os resultados oficiais. Estamos positivos e com a fé lá em cima.

    O órgão eleitoral, no entanto, não tem previsão de anunciar oficialmente o ganhador do pleito, entre outras razões, porque deve processar mais de 4% de documentos eleitorais inconsistentes e porque deve esperar que todas as atas sejam inseridas em seu sistema. De acordo com o cronograma eleitoral, o anúncio oficial só deverá acontecer na última semana de abril.

    O candidato de direita Guillermo Lasso deposita seu voto no 2º turno das eleições presidenciais no Equador, em uma seção eleitoral em Guayaquil
    © REUTERS / Maria Fernanda Landin / Stringer
    O candidato de direita Guillermo Lasso deposita seu voto no 2º turno das eleições presidenciais no Equador

    Mesmo sem anúncio oficial, algumas personalidades políticas da direita do continente sul-americano já felicitaram Lasso pela vitória, como o presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e o ex-presidente argentino Maurício Macri.

    Acabo de falar com Guillermo Lasso para parabenizá-lo por seu triunfo e para que comecemos a trabalhar em conjunto nos temas comuns para os nossos países.

    ​Acabo de falar com Guillermo Lasso para felicitá-lo por sua vitória, que é muito importante para o Equador e a região.

    O segundo turno das eleições presidenciais no Equador foi concluído neste domingo (11) sem maiores inconvenientes no processo, mas em meio a fortes medidas sanitárias devido ao aumento de casos de COVID-19 no país, o que provocou severas restrições em oito das 24 províncias equatorianas.

    Segundo o levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o Equador soma quase 347 mil casos acumulados de COVID-19 desde o início da pandemia, com um total de 17.293 óbitos.

    Tema:
    Situação da COVID-19 em meados de abril no mundo (75)

    Mais:

    Equador: Indígenas marcham rumo a Quito para denunciar fraudes na eleição presidencial
    Equador: candidatos pedem recontagem de votos para definir quem disputará 2º turno
    Após resultado eleitoral, movimento indígena no Equador vai acionar a Justiça para disputar 2º turno
    Tags:
    apuração, COVID-19, segundo turno, eleições, Equador
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar