13:35 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    610
    Nos siga no

    Uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas após um tiroteio nesta quinta-feira (8) próximo de uma loja de decoração na cidade de Bryan, no Texas, nos Estados Unidos.

    A polícia local fez uma postagem nas redes sociais informando que o suspeito foi preso e que os seis feridos foram levados ao hospital em estado grave.

    ​No local de um suposto tiroteio em Kent Moore Cabinets em Bryan. Teremos mais informações assim que estiverem disponíveis:

    Ainda não se sabe a motivação do crime, mas descobriu-se que o suspeito é um funcionário da loja onde ocorreu o tiroteio.

    O suspeito está sob custódia. Ele é um funcionário da empresa. O motivo é desconhecido neste momento.

    O governador do Texas, Greg Abbott, emitiu um comunicado em que manifestou solidariedade às vítimas do atirador e disse que está trabalhando em conjunto com as forças de segurança.

    "Eu estive trabalhando próximo com o Departamento de Segurança Pública do Texas para auxiliar a polícia local a dar uma resposta rápida a este ato criminoso. Os esforços levaram à prisão do suspeito do tiroteio", escreveu.

    Nesta quinta-feira (8), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu ao Congresso que elimine a isenção para fabricantes de armas quando seus produtos estiverem envolvidos em tiroteios em massa.

    Mais:

    EUA declaram que Pentágono não atingiu meta de aumento de prontidão das tropas
    Mar do Sul da China: EUA reforçam presença na região com navio de guerra USS Makin Island
    Orgulho da Força Aérea ou 'dor de cabeça': o que há de errado com caça F-35 dos EUA?
    China pede que EUA revelem atividades de laboratórios norte-americanos na Ucrânia
    EUA minimizam expectativas sobre retomada do acordo nuclear com o Irã
    Tags:
    armas, atirador, loja, Estados Unidos, feridos, morte, tiroteio, tiroteio, Texas
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar