10:15 24 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    2300
    Nos siga no

    Na quarta-feira (31), o vice-primeiro-ministro da Rússia, Yuri Borisov, classificou Cuba como o principal parceiro e aliado de Moscou na América Latina e no Caribe.

    A declaração de Borisov ocorreu na capital cubana, Havana, durante uma reunião da Comissão Intergovernamental Russo-Cubana para Cooperação Comercial, Econômica, Científica e Técnica.

    "Cuba é nosso principal parceiro e aliado confiável na região da América Latina e do Caribe. Apreciamos a natureza estratégica da interação interestatal russo-cubana com base nos princípios da amizade e respeito mútuo e não sujeitos à atual situação externa", disse Borisov.

    O vice-premiê russo destacou ainda o contexto político favorável das relações bilaterais entre os países, que criam as condições necessárias para o desenvolvimento progressivo do comércio, do investimento, da cooperação científica, técnica, cultural e humanitária.

    O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel (à esquerda) e o presidente da Rússia, Vladimir Putin (à direita), durante encontro em Moscou.
    © AP Photo / Alexander Zemlianichenko
    O presidente de Cuba, Miguel Diaz-Canel (à esquerda) e o presidente da Rússia, Vladimir Putin (à direita), durante encontro em Moscou.
    "Pretendemos preservar e multiplicar as conquistas existentes em toda a gama de relações russo-cubanas: desde políticas a técnico-militares", disse a autoridade russa.

    Segundo ele, um papel especial nessas questões é desempenhado pela comissão intergovernamental, "que serve como um mecanismo eficaz para o fortalecimento total dos laços bilaterais em uma base de benefício mútuo".

    O vice-primeiro-ministro da Rússia, que é uma das lideranças da comissão intergovernamental, está na capital cubana em visita programada para durar até esta quinta-feira (1º). Entre os eventos da visita, estão previstas a assinatura do documento final do encontro e a realização de uma reunião entre Borisov e as lideranças cubanas.

    Mais:

    Pompeo: Cuba, Rússia e Irã exercem 'influência maligna' sobre Venezuela
    Na ONU, Cuba condena sanções dos EUA contra a Rússia e critica 'interferência' na Bielorrússia
    Rússia, China e Cuba são eleitos para o Conselho de Direitos Humanos da ONU
    Tags:
    Rússia, Cuba, Yuri Borisov, Havana, América Latina, Caribe
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar