23:09 17 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    5571
    Nos siga no

    Ao todo, 27 organizações dos Estados Unidos emitiram um pedido a Joe Biden para conduzir "conversações bilaterais construtivas" com Vladimir Putin, relembrando a promessa do presidente dos EUA de colocar a diplomacia no centro da política externa.

    Em comunicado conjunto, 27 organizações norte-americanas, até mesmo esquerdistas, pediram para o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deixar para trás a "retórica imprudente" em relação à Rússia e conduzir "conversações bilaterais construtivas" com o presidente russo, Vladimir Putin, segundo informou The Hill, citando a solicitação das organizações.

    "Como organizações nacionais que advogam a diplomacia, o controle de armas, o desarmamento e a paz, estamos profundamente alarmados pelos intercâmbios negativos recentes entre os líderes dos dois países com mais de 90% das ogivas nucleares mundiais em seus arsenais", segundo comunicado das organizações, obtido pela mídia.

    As organizações pediram para Biden parar de participar de "intercâmbios de retórica imprudente" e continuar as negociações com a Rússia sobre armas nucleares, visto que o perigo de corrida armamentista nuclear é muito evidente agora.

    Além disso, os autores do comunicado relembraram a declaração do presidente norte-americano que pretendia colocar a diplomacia no centro da política externa.

    A lista completa das organizações não foi publicada, mas algumas vieram à tona: Justice Democrats, Blue America, Demand Progress, Our Revolution e Progressive Democrats of America.

    Anteriormente, Biden afirmou que Putin "pagaria" por suposta interferência nas eleições presidenciais dos EUA de 2020. O presidente norte-americano também afirmou considerar Putin um "assassino". Em reposta, Putin lhe desejou boa saúde e convidou Biden para discussão em transmissão ao vivo, mas a Casa Branca informou que os presidentes "já conversaram".

    Há uns dias, Biden convidou Putin para as primeiras grandes negociações sobre aquecimento global. O Kremlin afirmou que consideram que o clima é um tema muito importante e analisará o convite de acordo com as normas, se o receberem por canais oficiais.

    Mais:

    Biden lança nova iniciativa de combate à violência contra ásiático-americanos
    Putin diz a Merkel e Macron que Rússia está pronta para restaurar interação com UE
    Em meio a tensões com China, Taiwan tem 1ª visita de representante dos EUA após posse de Joe Biden
    Kremlin: Putin não permitirá que EUA falem com Rússia de uma posição de força
    Tags:
    Estados Unidos, Joe Biden, Vladimir Putin, Rússia, comunicado
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar