14:38 19 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)
    221
    Nos siga no

    O controle da pandemia da COVID-19 nos EUA foi uma das principais promessas de campanha de Joe Biden. Ele havia prometido a aplicação de 100 milhões de doses em 100 dias e conseguiu cumprir a meta com antecedência.

    O presidente dos EUA, Joe Biden, declarou nesta quinta-feira (25) que estabeleceu uma nova meta de vacinar a população dos EUA contra o coronavírus com 200 milhões de doses em 100 dias da presidência.

    "Em 8 de dezembro, indiquei que espero conseguir 100 milhões de doses nos braços das pessoas nos meus primeiros 100 dias. Alcançamos essa meta na semana passada no dia 58, 42 dias antes do previsto", disse Biden.

    Apesar da vacinação eficiente nos EUA, as autoridades sanitárias do país seguem pedindo cautela devido ao surgimento de novas variantes e possíveis novas ondas da pandemia.

    ​"Hoje eu defino uma segunda meta: em meus 100 dias de presidência, teremos 200 milhões de doses", acrescentou Biden em sua primeira entrevista coletiva desde que assumiu a Casa Branca.

    Biden também disse que espera que a maioria das escolas seja aberta de uma forma ou de outra até os 100 dias de sua presidência, que serão completados até o final de abril.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no final de março de 2021 (98)

    Mais:

    COVID-19: 30 milhões de doses de vacina estão estocadas nos EUA podendo estragar, afirma NYT
    China afirma que sanções dos EUA facilitaram a disseminação de COVID-19 no mundo
    Vacina para COVID-19 em formato de pílula começa a ser desenvolvida nos EUA
    EUA dão a palestinos US$ 15 milhões para combate à COVID-19
    Tags:
    COVID-19, Joe Biden, EUA, presidente, vacina, vacinação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar