15:18 18 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)
    142
    Nos siga no

    Em entrevista nesta segunda-feira (15), Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca, disse que não pretende implorar pela participação do ex-presidente Donald Trump em campanhas de vacinação.

    Após Jimmy Carter, George W. Bush, Bill Clinton e Barack Obama, os quatro ex-presidentes em vida nos Estados Unidos, terem participado de campanhas pela vacinação em massa nos EUA contra a COVID-19, Jen Psaki provocou Donald Trump.

    "Todos os outros ex-presidentes vivos [...] se envolveram em campanhas de conscientização pela vacinação, não precisaram de um convite formal", disse com ironia a porta-voz da Casa Branca.

    "Se o ex-presidente Trump acordasse amanhã e decidisse falar com mais clareza sobre a eficácia da vacina, é claro que seríamos a favor", acrescentou.

    Vale lembrar que Donald e Melania Trump foram vacinados em janeiro deste ano, algumas semanas antes de deixarem a Casa Branca.

    O tópico de como influenciar os republicanos brancos - cujas pesquisas mostram que são mais propensos a hesitar em receber a vacina - é motivo de discussão entre o presidente Joe Biden e seus conselheiros.

    Autoridades de saúde, incluindo o especialista Anthony Fauci, disseram que a voz de Trump na promoção da vacina ajudaria muito a convencer os republicanos a obtê-la. As pesquisas mostram que os republicanos têm maior probabilidade de dizer que estão desconfiados ou que não planejam ser vacinados, escreve a CNN.

    Donald Trump, então presidente dos EUA, fala à mídia em Washington, EUA, 12 de janeiro de 2021
    © REUTERS / Carlos Barria
    Donald Trump, então presidente dos EUA, fala à mídia em Washington, EUA, 12 de janeiro de 2021
    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de março de 2021 (83)

    Mais:

    Ministério iraniano diz que Benjamin Netanyahu está 'furioso por perder seu tolo na Casa Branca'
    Casa Branca está 'alarmada' com frequência de ataques contra Arábia Saudita
    Casa Branca tenta evitar confrontação pública com Israel em relação a Irã, diz enviado dos EUA
    Tags:
    Joe Biden, Donald Trump, vacinação, COVID-19, EUA, Casa Branca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar