23:35 17 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 40
    Nos siga no

    Uma investigação de impeachment começará nos Estados Unidos contra o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, acusado de cometer assédios sexuais.

    Na quinta-feira (11), Carl Heastie, presidente da Assembleia Estadual de Nova York, ordenou que o Comitê Judiciário iniciasse uma investigação de impeachment contra o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, acusado de cometer assédios sexuais, segundo informou o jornal The New York Times.

    "Os relatos das acusações sobre o governador são sérios", afirmou Heastie.

    A investigação incluirá entrevistas de testemunhas, exigência de apresentação de documentos e avaliação de provas, disse Heastie.

    A apuração será realizada paralelamente com a iniciada pela procuradora-geral do Estado, Letitia James.

    Na segunda-feira (8), um grupo de legisladores republicanos propôs começar o impeachment. Na quinta-feira (11), 59 democratas na Assembleia Legislativa do Estado assinaram uma declaração exigindo que Cuomo renunciasse imediatamente.

    No final de fevereiro e no início de março, seis mulheres declararam que o governador as tinha assediado sexualmente. Por sua vez, o mesmo rejeitou as acusações.

    Caso for julgado e declarado culpado, Cuomo seria o segundo governador de Nova York destituído. Até agora, o único caso de impeachment bem-sucedido no estado foi em 1913, quando William Zulzer foi demitido.

    Mais:

    Ministro britânico é processado por contrato de £ 23,5 milhões com empresa ligada à CIA
    Com Lula em campo, presidentes da Câmara e do Senado podem se afastar de Jair Bolsonaro?
    Impeachment perdeu seu valor com processos contra Trump, afirma especialista
    Famílias das vítimas de ataque à Base Aeronaval na Flórida processam Arábia Saudita
    Tags:
    investigação, impeachment, governador, assédio sexual, Nova York, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar