21:37 22 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    320
    Nos siga no

    Começou a seleção do júri para o julgamento do policial branco acusado de matar George Floyd, homem negro cuja morte gerou protestos em massa contra a injustiça racial e a brutalidade policial nos EUA e em todo o mundo.

    O ex-agente do Departamento de Polícia de Minneapolis, Derek Chauvin, enfrenta acusações de homicídio em segundo grau e homicídio culposo pela morte de Floyd em 25 de maio de 2020, segundo noticiou a AFP.

    A seleção do júri estava programada para começar na segunda-feira (8), mas foi adiada por um dia porque os promotores tentaram restabelecer uma acusação de assassinato de terceiro grau contra Chauvin, de 44 anos.

    ​Um tribunal de apelações ainda não emitiu sua decisão, mas o juiz do condado de Hennepin, Peter Cahill, decidiu prosseguir com a escolha do júri de qualquer maneira.

    Espera-se que esse processo de seleção leve cerca de três semanas, com os argumentos iniciais do julgamento previstos para começar por volta de 29 de março.

    Chauvin foi demitido da força policial depois de ser flagrado em vídeo com o joelho no pescoço de Floyd, suplicante e ofegante, por quase nove minutos.

    A morte de Floyd revelou feridas raciais nos EUA e gerou meses de protestos, às vezes violentos, contra o racismo tanto no país quanto no exterior.

    Mais:

    Ex-policial que sufocou George Floyd deixa prisão após pagar fiança de US$ 1 milhão
    Homem é morto em Minneapolis 7 meses após assassinato de George Floyd
    Seleção do júri para o julgamento do assassinato de George Floyd é adiada
    Tags:
    violência policial, julgamento, racismo, justiça, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar