14:38 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    4181
    Nos siga no

    A Força Aérea dos EUA desperdiçou US$ 549 milhões (R$ 3,123 bilhões) em aviões de carga italianos defeituosos que adquiriu para o Afeganistão mas ninguém envolvido no negócio foi ainda responsabilizado, aponta relatório.

    Em 2008, o Pentágono comprou 20 aeronaves de carga G222 da companhia Alenia North America para o governo do Afeganistão.

    No entanto, os aviões não eram muito fiáveis, com longos atrasos para garantir a entrega de peças de reposição, problemas de manutenção e inúmeras queixas de pilotos afegãos sobre a sua segurança, de acordo com um relatório do inspetor-geral especial para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR), citado pela NBC News.

    Mais tarde, o programa foi suspenso e, em 2014, as aeronaves foram desmanteladas e enviadas para sucata, tendo, segundo aponta o relatório, sido vendidas por apenas US$ 40.257 (R$ 229 mil).

    O documento obtido pela NBC News revela que nem o ex-general da Força Aérea dos EUA que esteve envolvido no projeto, nem a empresa que vendeu as aeronaves defeituosas ao Pentágono, foram alvos de qualquer ação judicial na sequência deste programa, avança o inspetor-geral.

    "Infelizmente, ninguém envolvido no programa foi responsabilizado pelo fracasso do programa G222", lê-se no relatório.

    As autoridades federais dos EUA tentaram instaurar um processo contra a empresa contratante, a Alenia, por possível fraude contratual e outras violações, e responsabilizar o ex-general da Força Aérea envolvido na aquisição, de acordo com o relatório do inspetor-geral.

    Em 2016, o Departamento de Justiça aceitou iniciar um processo, mas disse ao SIGAR em maio de 2020 que seria difícil ter sucesso, uma vez que o governo dos EUA aceitou a entrega das aeronaves apesar das evidentes violações dos requisitos do contrato.

    O documento diz ainda que as aeronaves não eram adaptadas para voar no terreno montanhoso do Afeganistão e que as falhas dos aviões levaram a acidentes "quase fatais".

    Mais:

    Seria ameaça aos S-400? EUA exibem drone multipropósito secreto Speed Racer (VÍDEO, FOTOS)
    EUA buscam implantar rede de mísseis de ataque perto da China para reforçar dissuasão convencional
    Força Aérea dos EUA revela acidentalmente características do bombardeiro furtivo B-21 (FOTOS)
    Tags:
    Afeganistão, avião de transporte, Força Aérea dos EUA, Pentágono
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar