13:23 19 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    150
    Nos siga no

    O Chile doou 20 mil doses da vacina chinesa CoronaVac ao Equador para ajudar nos esforços de imunização dos agentes de saúde do país.

    A informação foi confirmada neste sábado (6) pelo presidente equatoriano, Lenín Moreno, que agradeceu ao chefe de Estado chileno, Sebastián Piñera, pela ajuda.

    ​As relações bilaterais geram grandes frutos! O governo do Chile entregou ao Equador 20 mil vacinas da Sinovac para as equipes sanitárias. Essa é uma amostra da solidariedade entre países. Obrigado a Sebastián Piñera por compartilhar o ideal de lutar pela imunidade da região. 

    O Chile ocupa o sexto lugar no mundo em aplicações de vacinas per capita contra a COVID-19, de acordo com dados da Reuters, com um quarto da população já tendo recebido uma dose.

    No Equador, a situação é bastante diferente, com Moreno sofrendo críticas pela lentidão da campanha de imunização. Até a última sexta-feira (5), apenas 65.000 doses de vacina tinham sido aplicadas no país, ainda segundo a agência, basicamente, em profissionais de saúde e idosos que vivem em asilos.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    Paraguai: por falta de vacinas e insumos, ministro da Saúde renuncia ao cargo
    UE bloqueará exportações de vacinas até que fabricantes honrem contratos, diz chanceler da Itália
    Sputnik V revela eficácia de 100% com 2 doses da vacina, revela estudo na Argentina
    STF permite estados e municípios comprarem vacina se governo não cumprir plano de imunização
    'Economia brasileira depende muito do plano de imunização', afirma especialista
    Tags:
    COVID-19, novo coronavírus, Vacina CoronaVac, vacina, Chile, Equador, Lenín Moreno, Sebastián Piñera, imunização
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar