17:19 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    1271
    Nos siga no

    O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, recebeu a primeira dose do imunizante russo Sputnik V contra a COVID-19 neste sábado (6).

    O primeiro lote da vacina Sputnik V foi enviado para a Venezuela no dia 13 de fevereiro e a vacinação com o imunizante se iniciou no dia 18 de fevereiro.

    "Minha primeira dose. Estou vacinado", afirmou Maduro.

    Uma pesquisa publicada pela tradicional revista The Lancet validou a eficácia da Sputnik V em 91,6%.

    De acordo com informações anteriores do governo da Venezuela, o país receberá dez milhões de doses da vacina russa. Além disso, a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) informou que a Venezuela tem reservada entre 1.425.000 e 2.409.600 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca por meio da iniciativa COVAX Facilitty.

    Segundo levantamento feito pela Universidade Johns Hopkins, a Venezuela registra 141.356 casos da COVID-19 e 1.371 mortes.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    OMS cobra medidas 'agressivas' do Brasil contra a COVID-19
    'Grita ou canta': inventor dos Países Baixos cria teste inovador para detectar COVID-19 (VÍDEO)
    Por que homens se infectam com COVID-19 mais frequentemente? Médico revela fator determinante
    Maior autoridade médica nos EUA elogia vacina russa Sputnik V: 'Dados parecem muito bons'
    Tags:
    COVID-19, Nicolás Maduro, Venezuela, Sputnik V, vacina, vacinação, imunidade, imunização, imunizante, novo coronavírus, pandemia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar