15:15 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Alek Minassian, autor de um ataque com uma caminhonete em abril de 2018 em Toronto, que deixou 10 mortos e 26 feridos, foi considerado culpado de todas as 26 acusações de homicídio e tentativa de homicídio.

    A decisão foi tomada por um juiz do Tribunal Superior do país nesta quarta-feira (3).

    A juíza Anne Molloy disse que o jovem de 28 anos estava totalmente ciente do impacto de suas ações e que o ataque foi cuidadosamente pensado e planejado.

    Ontário, Canadá. Vista a partir da Torre CN, em Toronto
    Ontário, Canadá. Vista a partir da Torre CN, em Toronto

    Alek Minassian, 28 anos, disse à polícia que foi motivado pelo desejo de punir a sociedade por seu status de "incel" — abreviação de celibatário involuntário — porque ele acreditava que as mulheres não fariam sexo com ele. Minassian alegou não ser criminalmente responsável.

    Mas a defesa não conseguiu provar que o transtorno do espectro autista de Minassian o privou da capacidade de saber que suas ações eram erradas, disse a juíza Molloy, em um veredicto transmitido ao vivo pelo YouTube, após julgamento realizado virtualmente devido à pandemia.

    Mais:

    Canadá: legisladores declaram que China está cometendo genocídio, mas Trudeau se abstém
    Serviço de espionagem do Canadá é zoado após postagem em que parece querer recrutar agente duplo
    Guaidó tem conversas com secretário de Estado dos EUA e chanceler do Canadá
    Tags:
    Canadá, justiça, crime, condenação, ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar