20:08 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Américas
    URL curta
    3141
    Nos siga no

    A polícia norte-americana fez um comunicado nesta quarta-feira (3) advertindo sobre uma possível conspiração no ataque ao Capitólio dos EUA por um grupo de milícia ainda não identificado.

    O departamento de Polícia do Capitólio recebeu informações de que um "grupo de milícia não identificado" pode ter arquitetado um complô para "invadir o Capitólio", disse, nesta quarta-feira (3), a agência policial em um comunicado divulgado pela Associated Press.

    A notícia da suspeita de conspiração chega ao noticiário norte-americano em meio ao anúncio da semana passada feito pela Polícia do Capitólio.

    Na ocasião, foi dito que as forças de segurança de Washington, ao revisar dados da inteligência, sugerem que um grupo de milícia estava tentando "explodir" o complexo do Capitólio enquanto o presidente Joe Biden estava dentro de suas instalações.

    Militares perto do Capitólio em Washington, EUA
    © Sputnik / Artur Gabdrahmanov
    Militares perto do Capitólio em Washington, EUA
    O comunicado da Polícia do Capitólio reafirma que a força-tarefa está trabalhando com agências locais, estaduais e federais "para impedir quaisquer ameaças", e acrescenta: "Estamos levando a inteligência a sério".

    A ameaça parece estar conectada a partidários do grupo QAnon. As autoridades se recusaram a dar mais informações, mas falaram em uma conversa on-line identificada entre membros do Three Percenters, um grupo de milícia antigovernamental.

    O chefe da Polícia do Capitólio, Yogananda Pittman, disse que as ameaças recebidas por membros do Congresso aumentaram mais de 93% nos primeiros dois meses de 2021 em comparação com o mesmo período do ano passado.

    Nesta quinta-feira (4) marca a data em que alguns teóricos da conspiração de direita afirmaram que o ex-presidente Donald Trump, que foi derrotado na eleição de 3 de novembro, será empossado para um segundo mandato.

    Militares da Guarda Nacional vigiam os arredores do edifício do Capitólio, Washington, EUA
    © AP Photo / John Minchillo
    Militares da Guarda Nacional vigiam os arredores do edifício do Capitólio, Washington, EUA

    Mais:

    Guaidó tem conversas com secretário de Estado dos EUA e chanceler do Canadá
    Dez foguetes atingem base aérea dos EUA no Iraque, segundo mídia (FOTOS, VÍDEO)
    Kremlin: novas sanções dos EUA e UE contra Rússia pioram ainda mais as relações já ruins
    Tags:
    investigação, extrema-direita, milícias, Polícia do Capitólio, EUA, Capitólio dos EUA, Capitólio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar